Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Minha Casa Minha Vida Entidades: entre os direitos, as urgências e os negócios (2016)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAMARGO, CAMILA MORENO DE - IAU
  • USP Schools: IAU
  • Subjects: HABITAÇÃO POPULAR; POLÍTICA HABITACIONAL; POLÍTICA SOCIAL
  • Keywords: habitação de interesse social; housing movements; housing policy; Minha Casa Minha Vida Entidades; movimentos de moradia; My Home My Life Entities; social housing; social policy
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa analisa a produção habitacional vinculada ao Minha Casa Minha Vida Entidades, modalidade cavada no contexto do programa MCMV, sobretudo pelas interações entre os movimentos de moradia de articulação nacional e governo federal. Apesar de se tratar de uma produção ínfima em termos quantitativos, se comparada a toda produção do programa, a presença e permanência dessa modalidade tem uma dimensão política paradigmática, apoiando-se na tradição de políticas habitacionais autogestionárias, envolvendo os mais representativos movimentos de luta por moradia e reforma urbana do país. Parte-se da constatação de que o desenho operacional do programa e o contexto de sua implementação apontam para novos arranjos e relações institucionais entre esferas de governo, agentes financiadores, construtoras, entidades organizadoras sem fins lucrativos e assessorias técnicas; e entre esses agentes e os beneficiários do referido programa, os futuros usuários do produto habitacional e urbano. A pesquisa revela que os dados oficiais produzidos pelo governo não são capazes de demonstrar os processos longos, morosos e cheios de percalços por que as entidades passam até que os empreendimentos sejam contratados. Nota-se que o programa apresenta uma rede de relações onde se destacam e se embaralham entidades distintas, oriundas dos movimentos sociais com organizações sociais de origens e naturezas diversas, que conformam seu caráter institucional e organizativo de um modo bastante focalizadona produção habitacional. Além disso, aponta-se para o fato inexorável de que o MCMV Entidades ativa práticas de mercado que articulam os agentes do programa em torno da disputa por uma marca, expressa física e simbolicamente nos conjuntos habitacionais produzidos. Dessa perspectiva, a pesquisa trabalha a hipótese de que sua produção e desdobramentos urbanos, sobretudo na (re)configuração dos territórios periféricos, insere o MCMV Entidades no quadro de políticas sociais do Brasil contemporâneo e aproxima o programa do contexto de financeirização da moradia e da cidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.05.2016
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IAU93000001822T/D 818
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAMARGO, Camila Moreno de; RIZEK, Cibele Saliba. Minha Casa Minha Vida Entidades: entre os direitos, as urgências e os negócios. 2016.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/102/102132/tde-13102016-141513/ >.
    • APA

      Camargo, C. M. de, & Rizek, C. S. (2016). Minha Casa Minha Vida Entidades: entre os direitos, as urgências e os negócios. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/102/102132/tde-13102016-141513/
    • NLM

      Camargo CM de, Rizek CS. Minha Casa Minha Vida Entidades: entre os direitos, as urgências e os negócios [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/102/102132/tde-13102016-141513/
    • Vancouver

      Camargo CM de, Rizek CS. Minha Casa Minha Vida Entidades: entre os direitos, as urgências e os negócios [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/102/102132/tde-13102016-141513/