Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeitos do treinamento de força acompanhado de oclusão vascular em pacientes com polimiosite e dermatomiosite (2016)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ORDONES, MELINA ANDRADE MATTAR - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MCM
  • Subjects: MIOSITE ANIMAL; DOENÇAS DO TECIDO CONJUNTIVO; INFLAMAÇÃO; EXERCÍCIO FÍSICO; ANÓXIA; QUALIDADE DE VIDA; DERMATOPATIAS
  • Keywords: Dermatomyositis; Exercise; Hipóxia; Hypoxia; Miosite; Myositis; Polimiosite; Polymyositis; Quality of life
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: Polimiosite (PM) e Dermatomiosite (DM) são miopatias inflamatórias que se caracterizam por fraqueza, atrofia e disfunção muscular, levando a perda de capacidade funcional e de qualidade de vida. Assim, o objetivo do estudo foi avaliar se um treino de força com oclusão vascular (TF-OV) de baixa intensidade é seguro e efetivo em melhorar a força, a massa e a função muscular, além da qualidade de vida destes pacientes. MÉTODOS: Treze pacientes com PM ou DM estáveis foram submetidos a um TF-OV parcial e baixa intensidade (30% de 1RM) duas vezes por semana, por 12 semanas. Foram avaliados então as enzimas musculares, a força, a massa e a função muscular, além da qualidade de vida e as limitações para atividades diárias antes e após o protocolo de treinamento. RESULTADOS: Os pacientes apresentaram um aumento da força muscular do leg-press (19,6%, p < 0,001) e do leg-extension (25,2% p < 0,001), além de aumento da massa muscular avaliada pela área de secção transversa do quadríceps (4,57%, p =0,01). Nos testes funcionais, houve melhora do desempenho nos testes timed-stands (15,1%, p < 0,001) e timed-up-and-go (-4,5%, p=0,002). Foi observado melhora dos escores do HAQ e de todos os componentes do SF-36, além de queda significativa do VAS do médico e do paciente (p < 0,05), enquanto que as enzimas musculares permaneceram estáveis (p > 0,05). Por fim, nenhum evento adverso foi relatado. CONCLUSÃO: O TF-OV de baixa intensidade foi seguro e efetivo em melhorar a força, amassa e a função muscular, além da qualidade de vida dos pacientes com PM e DM estáveis
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.08.2016
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM2786586-20W4.DB8^SP.USP^FM-2^O76ef^2016^Original
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ORDONES, Melina Andrade Mattar; SILVA, Hamilton Augusto Roschel da. Efeitos do treinamento de força acompanhado de oclusão vascular em pacientes com polimiosite e dermatomiosite. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5164/tde-04112016-161651/ >.
    • APA

      Ordones, M. A. M., & Silva, H. A. R. da. (2016). Efeitos do treinamento de força acompanhado de oclusão vascular em pacientes com polimiosite e dermatomiosite. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5164/tde-04112016-161651/
    • NLM

      Ordones MAM, Silva HAR da. Efeitos do treinamento de força acompanhado de oclusão vascular em pacientes com polimiosite e dermatomiosite [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5164/tde-04112016-161651/
    • Vancouver

      Ordones MAM, Silva HAR da. Efeitos do treinamento de força acompanhado de oclusão vascular em pacientes com polimiosite e dermatomiosite [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5164/tde-04112016-161651/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: