Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Exploração da diversidade bacteriana de esponjas marinhas por abordagens dependente e independente de cultivo (2016)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SOUZA, DANILO TOSTA - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: FUNGICIDAS; BACTÉRIAS
  • Keywords: Simbiontes; Taxonomia polifásica
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo descreve a diversidade e composição das comunidades bacterianas associadas a cinco esponjas marinhas, e o potencial destes microrganismos como produtores de substâncias bioativas com propriedades fungicidas. As esponjas vivem em simbiose com microrganismos que apresentam alto interesse ecológico, evolutivo e biotecnológico. Contudo, este sistema microbiano permanece pobremente entendido. Para totalmente compreender a biologia desses animais é necessário descrever os fatores ecológicos e evolutivos influenciando a estrutura e dinâmica de sua microbiota. Nesta tese é defendida a hipótese de que a composição taxonômica e estrutura das comunidades bacterianas se correlaciona com o parentesco filogenético de seus hospedeiros. Neste trabalho, as comunidades bacterianas associadas às esponjas Aplysina fulva, Aiolochroia crassa, Chondrosia collectrix, Didiscus oxeata e Scopalina ruetzleri foram examinadas usando a plataforma Ion torrent para sequenciamento parcial do gene 16S rRNA. A água do mar circundante aos espécimes foram coletadas para comparações com a microbiota de esponjas. As análises detectaram um complexo e específico sistema microbiano vivendo em esponjas, com as unidades taxonômicas operacionais dominantes classificadas nos filos: Acidobacteria, Actinobacteria, Chloroflexi, Proteobacteria e Gemmatimonadetes. Apesar da ocorrência simpátrica dos espécimes, as comunidades bacterianas diferiram significativamente entre as espécies de esponjas e a água do mar.Contudo, foi observado que as comunidades bacterianas habitando esponjas filogeneticamente mais próximas (A. fulva e A. crassa) são mais similares uma para com a outra, do que quando comparado com as comunidades em um táxon mais distante filogenitacamente (C. collectrix). O isolamento de bactérias foi realizado nas esponjas D. oxeata e S. ruetzleri. Cinquenta e seis linhagens foram isoladas e classificadas em três filos: Actinobacteria, Proteobacteria e Firmicutes. As análises filogenéticas indicaram cinco possíveis novas espécies bacterianas. Com base na taxonomia polifásica, um dos isolados, denominado ASPSP 40, foi caracterizado como pertencente a uma nova espécie do gênero Saccharopolyspora, para qual o nome Saccharopolyspora spongiae sp. nov. foi proposto. Dois isolados bacterianos demonstraram forte atividade antagônica contra as seguintes espécies de Pythium: P. aphanidermatum, P. graminicola e P. ultimum. Os metabólitos secundários desses isolados, assim identificados como pertencentes aos gêneros Terrabacter sp. ASPSP 140 e Bacillus sp. ASPSP 434, foram identificados por LC-MS/MS como sendo uma mistura de dipepitídeos cíclicos pertencentes à classe das dicetopiperazinas (DKP). Este é o primeiro relato da atividade fungicida e, consequentemente, a detecção de DKP a partir do gênero Terrabacter
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.11.2016
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500131799t593.4 S731e e.2 112639
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUZA, Danilo Tosta; MELO, Itamar Soares de. Exploração da diversidade bacteriana de esponjas marinhas por abordagens dependente e independente de cultivo. 2016.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-06012017-113512/ >.
    • APA

      Souza, D. T., & Melo, I. S. de. (2016). Exploração da diversidade bacteriana de esponjas marinhas por abordagens dependente e independente de cultivo. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-06012017-113512/
    • NLM

      Souza DT, Melo IS de. Exploração da diversidade bacteriana de esponjas marinhas por abordagens dependente e independente de cultivo [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-06012017-113512/
    • Vancouver

      Souza DT, Melo IS de. Exploração da diversidade bacteriana de esponjas marinhas por abordagens dependente e independente de cultivo [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-06012017-113512/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: