Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Ecologia do movimento da rã-manteiga (Leptodactylus latrans) e da rã-touro (Lithobates catesbeianus) (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: HENRIQUE, RAFAEL DOS SANTOS - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: ANFÍBIOS; AMPHIBIA; MOVIMENTO (FISIOLOGIA); LOCOMOÇÃO ANIMAL; CLIMA; INVASÃO BIOLÓGICA
  • Keywords: Área de vida; Biologia da invasão; Environmental factors; Fatores ambientais; Home range; Invasion biology; Pressão de propágulo; Propagule pressure; Radiotelemetria; Radiotelemetry
  • Language: Português
  • Abstract: O movimento dos animais desempenha papel importante na aptidão dos indivíduos, no fluxo gênico, na dinâmica de metapopulações e na persistência, a longo prazo, de espécies em um ambiente. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi compreender aspectos relacionados à ecologia do movimento da rã-manteiga (Leptodactylus latrans) e da rã-touro (Lithobates catesbeianus). Para isso, indivíduos de ambas as espécies foram marcados com radiotransmissores e rastreados com o objetivo de coletar informações sobre seus movimentos. Ressaltamos os seguintes resultados deste trabalho: (1) a área de vida média de L. latrans é de 2034,2 m2; (2) com o aumento do tamanho corpóreo de anuros há o aumento do tamanho da área de vida; (3) indivíduos de L. latrans se locomovem mais em noites escuras, chuvosas e quentes; e (4) o aumento da pressão de propágulos não reflete uma maior probabilidade no aumento da distribuição geográfica de uma dada população de L. catesbeianus. Entender os padrões de locomoção dos anfíbios e como utilizam o espaço na natureza é fundamental para o entendimento de processos ecológicos e evolutivos relacionados às histórias de vida das espécies desse grupo. Além disso, esse conhecimento serve como uma ferramenta importante no estabelecimento de limites de áreas de conservação com significado biológico para espécies ameaçadas. Ainda, saber como espécies invasoras se locomovem é um dos primeiros passos para que se tomem medidas de controle populacional e para o bloqueio doavanço da distribuição de espécies exóticas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.03.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000028343M-1957
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HENRIQUE, Rafael dos Santos; GRANT, Taran. Ecologia do movimento da rã-manteiga (Leptodactylus latrans) e da rã-touro (Lithobates catesbeianus). 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-18042017-103924/ >.
    • APA

      Henrique, R. dos S., & Grant, T. (2017). Ecologia do movimento da rã-manteiga (Leptodactylus latrans) e da rã-touro (Lithobates catesbeianus). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-18042017-103924/
    • NLM

      Henrique R dos S, Grant T. Ecologia do movimento da rã-manteiga (Leptodactylus latrans) e da rã-touro (Lithobates catesbeianus) [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-18042017-103924/
    • Vancouver

      Henrique R dos S, Grant T. Ecologia do movimento da rã-manteiga (Leptodactylus latrans) e da rã-touro (Lithobates catesbeianus) [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-18042017-103924/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: