Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Paradoxos da atuação do Brasil no sistema de comércio internacional: protecionismo velado e reflexos na indústria nacional (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NONATO, LUIZA GIMENEZ - IRI
  • USP Schools: IRI
  • Subjects: COMÉRCIO EXTERIOR; COMÉRCIO INTERNACIONAL; POLÍTICA COMERCIAL; PROTECIONISMO
  • Keywords: Comércio internacional; Sistema multilateral de comércio; Deindustrialization; Desindustrialização; International trade; Multilateral trading system; Política comercial; Trade policy
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo geral desta pesquisa é analisar a atuação do Brasil em comércio exterior durante os anos de 2003 a 2013. Considera-se que neste período o país tem feito uso de medidas protecionistas com o objetivo de elevar a competitividade dos bens brasileiros. Este fato fica mais evidente a partir de 2011, com o lançamento do Plano Brasil Maior, dentro do qual as medidas de defesa comercial passam a integrar diretrizes oficiais do governo, em conjunto com perfurações tarifárias e aumentos de tarifas à importação. Além disso, outros programas, integrantes da política industrial e de comércio exterior, apresentam forte conteúdo nacionalista. Por outro lado, o fraco desempenho do setor industrial evidencia que, apesar do protecionismo, a indústria doméstica não consegue se restabelecer como setor dinâmico da economia. Nesse contexto, é possível afirmar que políticas comerciais que visam a combater processos de desindustrialização são paradoxais com as regras multilaterais? Para responder a esta pergunta, a análise foi dividida em dois artigos científicos. Primeiramente, é apresentada uma revisão bibliográfica sobre o tema da desindustrialização, para entender a evolução do conceito e a maneira como ele é trabalhado pelos principais autores nacionais e estrangeiros. O artigo busca incluir a política comercial, enquanto instrumento macroeconômico, nesta análise, ressaltando o seu papel nos resultados comerciais. (Continua)(Continuação) Já o segundo artigo traz dados empíricos, a partir do levantamento das resoluções da CAMEX no período 2003-2013, com o objetivo de mapear o protecionismo da política comercial brasileira e entender se tais medidas servem ao propósito de exercer uma força contrária ao processo de desindustrialização
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.11.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IRI2842847-10T382.0981 N812p
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NONATO, Luiza Gimenez; TANG, Yi Shin. Paradoxos da atuação do Brasil no sistema de comércio internacional: protecionismo velado e reflexos na indústria nacional. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/101/101131/tde-07122015-145039/ >.
    • APA

      Nonato, L. G., & Tang, Y. S. (2015). Paradoxos da atuação do Brasil no sistema de comércio internacional: protecionismo velado e reflexos na indústria nacional. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/101/101131/tde-07122015-145039/
    • NLM

      Nonato LG, Tang YS. Paradoxos da atuação do Brasil no sistema de comércio internacional: protecionismo velado e reflexos na indústria nacional [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/101/101131/tde-07122015-145039/
    • Vancouver

      Nonato LG, Tang YS. Paradoxos da atuação do Brasil no sistema de comércio internacional: protecionismo velado e reflexos na indústria nacional [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/101/101131/tde-07122015-145039/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: