Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Mente firme e coração blindado: uma teoria da presentificação social na prática comunicacional de representar o crime no proibido (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FERNANDEZ, LUCIANA MORETTI - ECA
  • USP Schools: ECA
  • Sigla do Departamento: CCA
  • Subjects: COMUNICAÇÃO; CRIME; ANÁLISE DE CONTEÚDO; MÚSICA POPULAR; FUNK
  • Keywords: communicational practice; interactional devices; representing crime; situational analysis
  • Language: Português
  • Abstract: Esta tese trata da prática comunicacional de representar o crime no funk proibido, uma prática complexa que implica processos disposicionais e identitários e que está inscrita em territórios submetidos à influência das regras que regem o mundo do crime, operando no plano intersubjetivo como um jogo de linguagem adaptativo e no plano social como uma prática coletiva. Representar implica reiterar a vontade para ratificar o compromisso com o crime ou para mostrar consideração e conviver com seus efeitos. A ratificação da disposição para representar, para ganhar potência e funcionar como uma estratégia de sobrevivência, precisa estar sempre atualizada. Reiterando-se ao longo do tempo, cada manifestação da disposição para representar o crime recupera o momento anterior e a expectativa de futuro, atualizando o gesto no momento presente. A disposição para representar o crime opera como uma presentificação no plano social, que contribui para a manutenção da subjetivação no crime e ao mesmo tempo entranha a potência de transformação através da constituição de um sujeito político cujo lugar de enunciação é o mundo do crime. A tese foi construída a partir da análise de letras de música de funk proibido artesanal que circulam no YouTube (totalizando 303 minutos de áudio), adotando como metodologia a Análise Situacional, uma refundamentação da Teoria Fundamentada nos Dados (Grounded Theory). As letras foram submetidas à codificação aberta no programa NVivo Pro 11, o que possibilitou aformulação da categoria central representar o crime. A categoria central foi analisada com as ferramentas cartográficas propostas pela metodologia Análise Situacional, conduzindo à formulação de uma teoria da presentificação social sobre a construção da subjetividade na prática comunicativa. O método de inferência adotado foi o método abdutivo, e a coleta e a análise foram guiadas por amostragem teórica. O funk proibido foi teorizado como um dispositivo interacional estético a partir do qual é possível observar o fenômeno comunicacional como processo tentativo e probabilístico em uma concepção pragmatista das teorias da comunicação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.06.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ECA20100085464t301.16 F363m
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDEZ, Luciana Moretti; NOBRE, Heloiza Helena Matos e. Mente firme e coração blindado: uma teoria da presentificação social na prática comunicacional de representar o crime no proibido. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-07072017-104157/ >.
    • APA

      Fernandez, L. M., & Nobre, H. H. M. e. (2017). Mente firme e coração blindado: uma teoria da presentificação social na prática comunicacional de representar o crime no proibido. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-07072017-104157/
    • NLM

      Fernandez LM, Nobre HHM e. Mente firme e coração blindado: uma teoria da presentificação social na prática comunicacional de representar o crime no proibido [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-07072017-104157/
    • Vancouver

      Fernandez LM, Nobre HHM e. Mente firme e coração blindado: uma teoria da presentificação social na prática comunicacional de representar o crime no proibido [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-07072017-104157/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: