Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Adaptações no sistema de produção do fungo entomopotogênico Metarhizium anisopliae (Metch.) Sorokin (Ascomycota: Hypocreales) (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, POLYANE DE Sá - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LEA
  • Subjects: CONTROLE BIOLÓGICO; FERMENTAÇÃO; FUNGOS ENTOMOPATOGÊNICOS
  • Language: Português
  • Abstract: O método empregado na produção de fungos entomopatogênicos teve poucas alterações em mais de 40 anos de utilização no Brasil. A produção adotada nas biofábricas em larga escala é basicamente através da fermentação sólida em arroz com elevado uso de mão de obra e longo tempo de produção. Assim, o presente estudo consistiu em desenvolver estratégias que possam ser implementadas nas diferentes etapas do sistema de produção de Metarhizium anisopliae ESALQ1037, como adição ao arroz de materiais inertes (bagaço de cana-de-açúcar, maravalha, esponja vegetal e palha de arroz) e outros substratos (milheto, flocos de arroz e sagu) para separação dos grãos de arroz e aumento da aeração, uso de blastosporos como inóculo em sistemas bifásicos tendo como substrato sólido o arroz ou mistura de farelos (trigo, milho, aveia, arroz, soja e algodão) ou suportes de crescimento e esporulação (bagaço de cana-de-açúcar, vermiculita, tecido de lã, palha de arroz e maravalha). Foi testado o uso da esterilização por fervura em substituição à autoclavagem e recuperação de conídios por extração em água como substituto ao peneiramento, além de armazenamento em condições de alta e baixa temperatura e umidade: 97%UR e 22ºC; 97%UR e 4ºC; 0%UR e 22ºC; 0%UR e 4ºC. O meio líquido M11 (a base de 45g L-1 glicose e 36g L-1 extrato de levedura) foi o mais adequado para produção de blastosporos (3,0 x 108 blastosporos/mL) e biomassa. A inoculação de blastosporos em arroz resultou em produção maior e mais rápida deconídios (4,51 x 108 conídios/g) em 7 dias de crescimento fúngico. O farelo de trigo inoculado com blastosporos produzidos em meio M11 resultou em maior produção de conídios (1,2 x 109 conídios/g) quando comparado aos farelos e arroz inoculados com suspensão de conídios (máximo de 7,8 x 108 conídios/g). O bagaço de cana-de-açúcar autoclavado seco foi o suporte que resultou em maior produção do fungo quando associado ao meio líquido. A adição ao arroz de bagaço de cana-de-açúcar umedecido, maravalha e esponja vegetal não umedecidas promoveu incremento na produção de conídios (> 3,3 x 109 conídios/g) quando comparado ao arroz somente (1,00 x 109 conídios/g). A exposição do arroz à fervura por 10 e 15 minutos resultou em produção de conídios semelhante à produção em arroz autoclavado, sem a presença de contaminantes. Farelo de trigo foi o substrato mais promissor para produção do fungo especialmente quando misturado ao farelo de arroz (1,75 x 109 conídios/g) na fermentação sólida. Conídios extraídos do arroz por peneiramento ou lavagem em água e recuperados com ou sem a adição de argilas, terra de diatomácea e caulim apresentaram viabilidade superior a 92% após armazenamento por 60 dias a 22°C e 97% UR. A 22°C e 0% UR, somente os conídios extraídos do arroz por peneiramento e os extraídos em água e recuperados com a adição de argila preta e caulim apresentaram viabilidade superior a 92% após armazenamento por 60 dias. Estratégias testadas neste estudo para produção e extraçãode conídios de M. anisopliae são alternativas viáveis para serem incorporadas na produção em larga escala e reduzir o tempo de fermentação e mão de obra, aumentando a eficiência de conversão de substrato em conídios
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.02.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500133015t589.24 S237a e.2 113532
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Polyane de Sá; DELALIBERA JUNIOR, Italo. Adaptações no sistema de produção do fungo entomopotogênico Metarhizium anisopliae (Metch.) Sorokin (Ascomycota: Hypocreales). 2017.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-09082017-145110/ >.
    • APA

      Santos, P. de S., & Delalibera Junior, I. (2017). Adaptações no sistema de produção do fungo entomopotogênico Metarhizium anisopliae (Metch.) Sorokin (Ascomycota: Hypocreales). Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-09082017-145110/
    • NLM

      Santos P de S, Delalibera Junior I. Adaptações no sistema de produção do fungo entomopotogênico Metarhizium anisopliae (Metch.) Sorokin (Ascomycota: Hypocreales) [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-09082017-145110/
    • Vancouver

      Santos P de S, Delalibera Junior I. Adaptações no sistema de produção do fungo entomopotogênico Metarhizium anisopliae (Metch.) Sorokin (Ascomycota: Hypocreales) [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-09082017-145110/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: