Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A linguagem de Monções (1945): estudo através do "plural do texto" (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DIAS, PEDRO LOTTI CARVALHO - IEB
  • USP Schools: IEB
  • Subjects: CRÍTICA LITERÁRIA; MODERNIDADE; MODERNISMO; HISTÓRIA DA CULTURA
  • Keywords: History of Culture; Literary Criticism; Modernism; Modernity
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação nasceu com um propósito simples: ler Monções (1945). Lê-lo, contudo, carregou o signo de um esforço duplo: de encarar o livro ora como documento da história intelectual do Brasil da primeira metade do século XX, e ora como artefato que interage com a nossa atualidade, e que nos permite interpelá-lo através do diálogo e do comentário crítico. O objeto desta pesquisa é a linguagem deste livro. Mobilizamos como método de análise procedimentos criados por Roland Barthes para o estudo daquilo que ele designou como "o plural do texto"; e de Michel Foucault, no que ele denominou como "pesquisa arqueológica", "autor" e "arquivo". Estas são nossas referências teóricas mais explícitas. Afora elas, operamos metodicamente com objetivo de estabelecer com a dissertação a crítica literária do livro e a exposição histórica da linguagem de seu texto. Devido à referida leitura dupla, por mais que inquiramos em Monções o seu sentido no contexto de uma obra, o "autor" de sua produção, e a biografia de Sérgio Buarque de Holanda, esta pesquisa não se confunde com o estudo da obra, da vida e do pensamento do autor. Neste instante, tal distinção pode aparentar sutil, mas será decisiva para que a investigação faça da "linguagem do texto" o seu objeto de estudo. Para cumprirmos este objetivo de investigação, contextualizamos Monções com a literatura da primeira metade do século XX, reconhecendo no seu campo de debate os assuntos que aportam numa rede de interpretações sobre o Brasil, na qual a diversidade da linguagem intelectual surge como seu panorama histórico.A base teórica deste estudo acompanha uma bibliografia que problematiza "o ato de leitura", "o discurso histórico", "a modernidade", e "o modernismo no Brasil". Entendemos que esta dissertação, pelo seu problema, contribuirá no assunto "história intelectual do Brasil", para as décadas de 1930 e 1940, e, pelo seu método e objeto de estudo, acreditamos que este estudo contribui pelo seu esforço em historiar a linguagem do documento histórico.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.07.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IEB2848210-10TME D541L 2017 v. cor.
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DIAS, Pedro Lotti Carvalho; IUMATTI, Paulo Teixeira. A linguagem de Monções (1945): estudo através do "plural do texto". 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/31/31131/tde-25082017-120923/ >.
    • APA

      Dias, P. L. C., & Iumatti, P. T. (2017). A linguagem de Monções (1945): estudo através do "plural do texto". Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/31/31131/tde-25082017-120923/
    • NLM

      Dias PLC, Iumatti PT. A linguagem de Monções (1945): estudo através do "plural do texto" [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/31/31131/tde-25082017-120923/
    • Vancouver

      Dias PLC, Iumatti PT. A linguagem de Monções (1945): estudo através do "plural do texto" [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/31/31131/tde-25082017-120923/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: