Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Associação entre depressão puerperal e confiança materna em mulheres com histórico de depressão na gravidez (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ARANTE, FLAVIA OLIVEIRA - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MPR
  • Subjects: DEPRESSÃO; COMPLICAÇÕES NA GRAVIDEZ; DEPRESSÃO PÓS-PARTO; CUIDADO DO LACTENTE; CUIDADO DA CRIANÇA; CUIDADO PÓS-NATAL; RELAÇÕES MÃE-CRIANÇA
  • Keywords: Depression; Depression postpartum; Infant care; Maternal behavior; Mother-child relation; Postnatal care
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: As mães deprimidas apresentam redução do contato afetivo e dificuldade em expressar sentimentos positivos pelo bebê. O objetivo do presente estudo é avaliar a associação entre depressão pós-parto (DPP) e confiança materna baixa (CMB) em mulheres com histórico de depressão na gravidez prévia. METODOLOGIA: Estudo transversal, realizado entre junho de 2013 a maio de 2015, a partir de dados coletados entre 6 e 9 meses após o parto de 344 puérperas que já haviam participado de ensaio de comunidade (PROGRAVIDA). A Confiança Materna foi avaliada por meio do Questionário de Confiança Parental (MCQ) e as informações sócio-demográficas, socioeconômicas e de saúde das participantes foram avaliadas por meio de questionário estruturado. A DPP foi avaliada por meio do "Patient Health Questionnaire" (PHQ-9). A razão de prevalência (RP), não ajustada e ajustada, e o IC 95% foram calculados usando regressão de Poisson com variância robusta. Foram usados 3 modelos: no modelo bruto (modelo 1) foi estimada a RP entre DPP e CMB levando em conta a randomização das participantes no ensaio de comunidade. No modelo multivariado foram estimadas as RP entre DPP e CMB ajustadas por variáveis sócio-demográficas (escolaridade, renda familiar mensal em tercis, etnia e estado civil) (modelo 2) e por características maternas (idade materna, número de filhos e gravidez planejada (modelo 3). A análise estatística foi realizada com uso do programa STATA 12 e o nível de significância estatísticafoi considerado igual ou inferior a 5%. RESULTADOS: Na análise univariada, a prevalência de CMB em mulheres com depressão moderada/grave é 36% maior na comparação com mulheres sem depressão. Mulheres com 3 ou mais filhos apresentaram menor prevalência de CMB na comparação com mulheres com apenas 1 filho (RP: 0,76, IC 95% 0,58:0,99). Na análise multivariada, a associação entre CMB e DPP na forma moderada/grave se manteve após ajustes para possíveis variáveis confundidoras (socioeconômicas e características maternas). A estimativa da associação bruta entre CMB e depressão moderada/grave não se modificou significativamente após ajustes, mostrando que puérperas com depressão moderada/grave apresentaram aumento do risco de CMB de 42% (RP 1,42, IC95% 1,14:1,77). DISCUSSÃO: No presente estudo, as mulheres com sintomas depressivos moderados/graves apresentaram aumento no risco de CMB em comparação com mulheres sem sintomas depressivos. Por outro lado, CMB não se associou com DPP na forma leve. Esses resultados corroboram evidências da literatura que afirmam que a DPP pode perturbar a expressão da confiança e as práticas de cuidado materna. Os resultados reforçam a importância da avaliação do sentimento de confiança materna no primeiro ano de vida da criança, particularmente nas mulheres com formas mais graves de depressão
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.08.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM2857413-10W4.DB8^SP.USP^FM-1^A683as^2017^ex.rev
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARANTE, Flavia Oliveira; CURY, Alexandre Faisal. Associação entre depressão puerperal e confiança materna em mulheres com histórico de depressão na gravidez. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5137/tde-25102017-095819/ >.
    • APA

      Arante, F. O., & Cury, A. F. (2017). Associação entre depressão puerperal e confiança materna em mulheres com histórico de depressão na gravidez. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5137/tde-25102017-095819/
    • NLM

      Arante FO, Cury AF. Associação entre depressão puerperal e confiança materna em mulheres com histórico de depressão na gravidez [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5137/tde-25102017-095819/
    • Vancouver

      Arante FO, Cury AF. Associação entre depressão puerperal e confiança materna em mulheres com histórico de depressão na gravidez [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5137/tde-25102017-095819/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: