Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudos da agregação de corantes ciânicos em soluções aquosas homogêneas e na presença de nanoestruturas (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: AMADO, ANDRÉ MIELE - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 591
  • Subjects: CORANTES; COMPOSTOS ORGÂNICOS
  • Keywords: Acridina laranja; Acridine orange; Aggregation; Agregação; Biscianinas; Biscyanines; Corantes ciânicos; Cyanine dyes; Efeitos de pH e força iônica; Interação com estruturas nanoorganizadas; Interaction with nano-organized structures; PH and ionic strength effects
  • Language: Português
  • Abstract: Os corantes ciânicos (CC) são compostos orgânicos que possuem uma estrutura facilmente variável, permitindo obter-se as características fotofísicas desejáveis. Devido a sua alta afinidade por estruturas biológicas, baixa citotoxicidade no escuro, alta solubilidade em meio aquoso e fotoatividade os CC são considerados compostos promissores para aplicações no tratamento do câncer por terapia fotodinâmica (TFD). CC possuem uma forte tendência de se agregar em meio aquoso, que modifica suas características fotofísicas, reduzindo os rendimentos quânticos de fluorescência e do estado tripleto, diminuindo assim sua eficiência em suas aplicações como sonda fluorescente e na TFD, todavia, a agregação aumenta a eficiência da conversão da sua energia de excitação em calor, que é importante para sua aplicação na terapia por hipertermia (HT). Sendo introduzido num organismo o CC se encontra no ambiente onde ele vai interagir com sais e estruturas nano-heterogêneas (membrana celular, ácidos nucléicos etc.), interações que podem influenciar na sua agregação. Nesse trabalho investigamos o fenômeno da agregação dos CC em suas interações com sistemas nano-heterogêneos naturais (DNA) e sintéticos (micelas) em função da sua própria estrutura, da estrutura destes sistemas e da composição da solução: as concentrações do corante e do sistema nano-heterogêneo e a força iônica. Entre os CC, escolhemos como modelos a Acridina Laranja (AL) e os corantes com dois cromóforos (BCD) que se diferem peloângulo formado entre seus cromóforos. Utilizamos técnicas espectroscópicas estacionárias e com resolução temporal de absorção óptica, fluorescência, espalhamento ressonante e dinâmico da luz e fotólise por pulso relâmpago. Descobrimos que em soluções aquosas homogêneas os sais induzem a agregação dos CC. No caso da AL, os sais suprimem sua fluorescência pelo aumento da agregação da AL e pela formação de um exciplexo entre a AL em seu estado excitado singleto e o ânion do sal. A interação dos CC com estruturas nano-organizadas é complexa. Observamos que na interação do CC com o DNA aparecem várias espécies em equilíbrio, tais como monômeros de CC livres e ligados ao DNA, agregados de CC ligados ao DNA e agregados de DNA ligados com os monômeros de CC. A ligação da AL ao DNA reduz a probabilidade do contato da AL com outras moléculas. Contudo, na presença do DNA os sais reduzem a agregação da AL devido à redução da constante de ligação da AL com o DNA. Na presença do dodecil sulfato de sódio (SDS), observamos que em baixas concentrações este estimula a agregação do CC. O aumento da concentração de SDS induz a desagregação do CC. Identificamos que os agregados dos CC com SDS apresentam uma dinâmica que pode perdurar por diversas horas. Durante esse período os agregados trocam suas formas H e J. Investigamos uma possível aplicação prática da agregação numa terapia de HT, identificando que a agregação protege o CC da fotodecomposição e aumenta a eficiência da geração de calor.Os resultados obtidos são importantes para avaliar o potencial de aplicação do CC como fotossensibilizadores em terapia fotodinâmica, fotohipertermia e sondas fluorescentes em diagnóstico por fluorescência
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.07.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800050948Amado, André Miele
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AMADO, André Miele; BORISSEVITCH, Iouri. Estudos da agregação de corantes ciânicos em soluções aquosas homogêneas e na presença de nanoestruturas. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-01092017-084227/ >.
    • APA

      Amado, A. M., & Borissevitch, I. (2017). Estudos da agregação de corantes ciânicos em soluções aquosas homogêneas e na presença de nanoestruturas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-01092017-084227/
    • NLM

      Amado AM, Borissevitch I. Estudos da agregação de corantes ciânicos em soluções aquosas homogêneas e na presença de nanoestruturas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-01092017-084227/
    • Vancouver

      Amado AM, Borissevitch I. Estudos da agregação de corantes ciânicos em soluções aquosas homogêneas e na presença de nanoestruturas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-01092017-084227/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: