Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Detecção molecular de Mollicutes em caprinos do sudoeste da Bahia, Brasil: um estudo transversal (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CASTILHO JúNIOR, REGIS EDGAR - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPS
  • Subjects: MYCOPLASMA; EPIDEMIOLOGIA; CAPRINOS
  • Keywords: Mycoplasma conjunctivae; Mycoplasma conjunctivae; Epidemiology; Goats; Micoplasmas
  • Language: Português
  • Abstract: O Brasil possui cerca de 8,6 milhões de caprinos e mais de 90% estão localizados na região nordeste do país. A caprinocultura, devido sua grande adaptabilidade ao diferentes ecossistemas, possui importância social e econômica na região. Nesse contexto inserem-se os micoplasmas que colonizam os caprinos. As micoplasmoses caprinas são amplamente disseminadas mundialmente e possuem relevância socioeconômica na sua criação. A baixa tecnificação das propriedades, falhas na detecção de Mollicutes e a baixa produção cientifica demonstram um cenário preocupante quanto à sanidade do rebanho dessa região. Visto isso, o presente estudo objetivou a pesquisa de micoplasmas em caprinos, por meio da detecção molecular, na região sudoeste do Estado da Bahia, Brasil. Foram aplicados questionários em 12 propriedades e obtenção de amostras por swab da conjuntiva ocular, nasal e vaginal de 132 caprinos. As metodologias da PCR e qPCR foram aplicadas em swabs para a detecção dos Mollicutes de importância na caprinocultura. Foram realizadas análises estatísticas para a identificação de associações entre a presença dos Mollicutes e o manejo dos animais. Observou-se que 70% das propriedades são de criações para corte, 80% eram propriedades comerciais e 90% utilizavam o sistema intensivo de criação. Nas avaliações clínicas 22,7% (30/132), 13,6% (18/132) e 6,8% (9/132) dos animais respectivamente apresentavam linfonodos pré escapular, iguinal e submandibulares alterados. Mucosa genital e ocularhiperêmica foram observadas em 9,8% (13/132) dos animais. Identificou-se por PCR convencional, 67,4% (89/132), 20,8% (26/125) e 6,8% (9/132) das amostras nasais, genitais e oculares respectivamente, presença do DNA de microrganismos da classe Mollicutes. M. agalactiae foi detectado em 4,5% (6/132) das amostras nasais e M. conjunctivae em 1,5% (2/132) das amostras oculares. Não foi detectado DNA por PCR convencional M. mycoides subsp. capri, M. capricolum subsp. capricolum, assim como por qPCR M. capricolum subsp. capripneumoniae. Constatou-se relação positiva entre animais provenientes de sistema intensivo de criação e a PCR convencional positiva para classe Mollicutes em amostras nasais (OR: 6,417; IC: 1,551 26,546). Relação positiva também foi observada entre animais oriundos de propriedades com exploração leiteira e a PCR convencional positiva para classe Mollicutes em amostras oculares (OR: 6,441; IC: 1,235-33,581). Assim como entre animais provenientes de sistema extensivo de criação e a PCR convencional positiva para classe Mollicutes em amostras genitais (OR: 3,900; IC: 1,028 14,796). Não foi observada associação estatisticamente significante na correlação entre as variáveis de interesse e o resultado das PCR convencionais para M. agalactiae em amostras nasais e para M. conjunctivae em amostras oculares. Conclui-se que os micoplasmas estão presentes nas criações de caprinos da região sudoeste da Bahia. A identificação de M. conjunctivae, descrito uma única vez naliteratura nacional, que apesar da baixa ocorrência possui caráter endêmico; reforçam ainda mais a necessidade de estudos mais enfatizados na identificação dos micoplasmas assim como a elaboração de um perfil sanitário desse tipo de criação na região nordeste do Brasil
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.06.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300120165T.3494c FMVZ
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASTILHO JÚNIOR, Regis Edgar; BENITES, Nilson Roberti. Detecção molecular de Mollicutes em caprinos do sudoeste da Bahia, Brasil: um estudo transversal. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-25082017-103518/ >.
    • APA

      Castilho Júnior, R. E., & Benites, N. R. (2017). Detecção molecular de Mollicutes em caprinos do sudoeste da Bahia, Brasil: um estudo transversal. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-25082017-103518/
    • NLM

      Castilho Júnior RE, Benites NR. Detecção molecular de Mollicutes em caprinos do sudoeste da Bahia, Brasil: um estudo transversal [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-25082017-103518/
    • Vancouver

      Castilho Júnior RE, Benites NR. Detecção molecular de Mollicutes em caprinos do sudoeste da Bahia, Brasil: um estudo transversal [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-25082017-103518/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: