Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Todo mundo é humano?: A relação entre humanidade e animalidade nas narrativas míticas de duas culturas (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KAWAGUCHI, DOUGLAS ROBERTO - IP
  • USP Schools: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: NARRATIVA; MITOS; IDENTIDADE CULTURAL; EMPATIA; ANIMAIS; PSICOLOGIA CULTURAL
  • Language: Português
  • Abstract: O problema geral de que trata esta pesquisa é a constatação de que a cultura ocidental reserva à figura do humano um lugar excepcional, central e identificado com a totalidade cosmológica visão de mundo que está em sintonia com o paradigma de abusos massivos praticados contra os animais explorados pela indústria mundialmente e com a catástrofe ambiental que presenciamos na atualidade. Partindo desta problemática, o presente estudo se propõe a compreender a noção ocidental ora mencionada, comparando-a com a visão dos Yanomami povo indígena das Américas, ou ameríndio sobre o lugar do humano no universo. Para compreender o que significa ser humano em uma dada cultura, adoto como contraponto o animal, de modo que o ponto focal deste trabalho é a relação entre humano e animal nãohumano, ou seja, a forma como estas duas instâncias ontológicas se definem mutuamente em duas culturas distintas. O gênero discursivo adotado para esta análise comparada é a narrativa mítica, tendo em vista o papel fundamental da narrativa para a compreensão do outro e do mito para a construção cultural de significados. Assim, analiso, comparo e interpreto dois mitos de criação, um de cultura ocidental e outro ameríndio: o Gênesis, primeiro livro da Bíblia Hebraico-Cristã; e A Queda do Céu: Palavras de um xamã Yanomami, compilado de narrativas do líder indígena Davi Kopenawa registradas pelo antropólogo Bruce Albert ao longo de mais de uma década. Os resultados permitem afirmar que as narrativasocidental e ameríndia apresentam concepções opostas quanto às relações entre humanidade e animalidade em quase todas as categorias analisadas; que os próprios sentidos atribuídos a humano e não-humano em ambas são divergentes em sua essência; e que, enquanto a narrativa ocidental pressupõe os animais como objeto e a animalidade como caos a ser expurgado, a ameríndia os considera não apenas sujeito, mas parte do humano e contrapartida indispensável para o contato com a espiritualidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.09.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300060764T GN270 K22t e.1
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KAWAGUCHI, Douglas; GUIMARÃES, Danilo Silva. Todo mundo é humano?: A relação entre humanidade e animalidade nas narrativas míticas de duas culturas. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-14112017-101518/ >.
    • APA

      Kawaguchi, D., & Guimarães, D. S. (2017). Todo mundo é humano?: A relação entre humanidade e animalidade nas narrativas míticas de duas culturas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-14112017-101518/
    • NLM

      Kawaguchi D, Guimarães DS. Todo mundo é humano?: A relação entre humanidade e animalidade nas narrativas míticas de duas culturas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-14112017-101518/
    • Vancouver

      Kawaguchi D, Guimarães DS. Todo mundo é humano?: A relação entre humanidade e animalidade nas narrativas míticas de duas culturas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-14112017-101518/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: