Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O efeito da estratégia de intensificação e tapering nas respostas hormonais, comportamentais, de desempenho, e na imunidade da mucosa oral em jovens atletas de ginástica rítmica (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ANTUALPA, KIZZY FERNANDES - EEFE
  • USP Schools: EEFE
  • Subjects: TESTES EM EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTES; DESEMPENHO ESPORTIVO; ESTRESSE; GINÁSTICA RÍTMICA
  • Keywords: Carga de treinamento; Estresse; Monitoring training; Sports; Training load
  • Language: Português
  • Abstract: A Ginástica Rítmica (GR) é uma modalidade caracterizada pela a participação de jovens atletas no treinamento sistematizado. Este estudo examinou o efeito de um período de intensificação (IT, 4 semanas, após um período de treinamento habitual, TH) seguido de um período de tapering (TP, 2 semanas) nos hormônios salivares (testosterona - T e cortisol - C), imunoglobulina salivar A (SIgA), severidade das infecções do trato respiratório superior (ITRS), bem-estar (WB), e no desempenho físico e técnico em 23 atletas de ginástca rítmica ( < 11 anos de idade [G1], < 13 anos de idade [G2] e > 13 anos de idade [G3]). A percepção subjetiva de esforço da sessão (PSE da sessão) foi utilizada para quantificar a carga interna de treinamento (CIT) e a razão aguda:crônica da carga de treinamento (ACT). Os questionários WB e WURSS-21 foram preenchidos diariamente. A coleta de saliva e os testes de desempenho físico e técnico foram realizados no início da IT (T1), após IT (T2) e após TP (T3). Foi observada maior CIT para TI em comparação com TP (ES = 2,37). A ACT nas semanas de IT variou de 1,2 (0,3) a 1,4 (0,3). Não foram observadas alterações significantes foi para a concentração de T (206 ± 39, 221 ± 35, 216 ± 51 ?mol/L, para T1, T2 e T3, respectivamente [grupo inteiro]; p = 0,16), concentração de C (5,7 ± 1,0, 5,8 ± 0,8, 5,0 ± 0,7 ?mol/L; p = 0,07) e índice de bem-estar (WB - 19 ± 3, 19 ± 2, 19 ± 2; p = 0,44). O WB para G3 foi significativamente menor em comparação a G1 e G2. (Continua)(Continuação) Uma maior concentração absoluta de SIgA (SIgAabs [ug/ml]) (F = 7,6; 20 p = 0,001) para pós-IT (234 ± 104) vs pré-IT (173 ± 91) e pós-TP (182 ± 70) e uma maior taxa de secreção de SIgA (SIgAtaxa [ug/min]) (F = 3,4; p = 0,04]) para pós-IT (69 ± 28) vs pré-IT (55 ± 27) e Pós-TP (58 ± 22) foi observada. Quanto à severidade dos sintomas de ITRS, nenhuma alteração significante foi observada (?2 = 2,81; p = 0,24). Houve melhora no desempenho físico para abdominais de T2 a T3 (ES = 0,80) e T1 a T3 (ES = 0,78) e para RFms (flexões de cotovelo) (T2-T3, ES = 0,61; T1-T3, ES = 0,55). Uma melhora desempenho técnico de T1 para T3 (ES = 2,32) também foi observada. Estes resultados sugerem que uma IT de 4 semanas seguida por TP (2 semanas) parece ser uma abordagem útil para melhorar o desempenho físico e técnico em jovens ginastas de GR, mantendo a percepção de WB, das repostas hormonais, podendo inclusive, induzir adaptações positivas nos sistemas orgânicos, em particular a função da imunidade da mucosa oral de ginastas prépuberes. Ademais, os presentes resultados podem indicar que a razão ACT de 1,2-1,4 possa servir como um valor de referência para organizar de forma efetiva e segura a intensificação das cargas de treinamento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.09.2017

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EEFE10300026208T 796.031 A-14
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ANTUALPA, Kizzy Fernandes; MOREIRA, Alexandre. O efeito da estratégia de intensificação e tapering nas respostas hormonais, comportamentais, de desempenho, e na imunidade da mucosa oral em jovens atletas de ginástica rítmica. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.
    • APA

      Antualpa, K. F., & Moreira, A. (2017). O efeito da estratégia de intensificação e tapering nas respostas hormonais, comportamentais, de desempenho, e na imunidade da mucosa oral em jovens atletas de ginástica rítmica. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Antualpa KF, Moreira A. O efeito da estratégia de intensificação e tapering nas respostas hormonais, comportamentais, de desempenho, e na imunidade da mucosa oral em jovens atletas de ginástica rítmica. 2017 ;
    • Vancouver

      Antualpa KF, Moreira A. O efeito da estratégia de intensificação e tapering nas respostas hormonais, comportamentais, de desempenho, e na imunidade da mucosa oral em jovens atletas de ginástica rítmica. 2017 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: