Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O narrador contemporâneo e a análise de originais (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FERRARI, VANESSA RAMOS - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Subjects: LINGUÍSTICA DE CORPUS; FILOLOGIA; LINGUÍSTICA TEXTUAL; ORIGINAL (EDITORAÇÃO); CRÍTICA TEXTUAL
  • Keywords: Análise de originais; Editor's job; First publication; Manuscript assessment; O papel do editor; Primeira publicação; tipologia de narradores; Typology of narrators
  • Language: Português
  • Abstract: Com a proposta de analisar as principais características de narradores contemporâneos, esta dissertação parte de um corpus de seis originais recusados para publicação pela Companhia das Letras em 2014. O processo analítico se dá por meio das escolhas sintáticas, da voz narrativa, dos jargões e muletas narrativas (palavras, expressões, metáforas desgastadas), da originalidade, ritmo, verossimilhança, metáforas, diálogos e precisão. As características foram coletadas e classificadas entre 2009 e 2015, a partir da leitura de originais submetidos para publicação pela editora. Ao longo do processo de leitura e avaliação, cinco tipos narrativos apareceram com mais frequência, que deu origem a uma tipologia de narradores sistematizados em suas peculiaridades. Esses narradores, nomeados como Saudosista, Comedido, Poético, Esnobe e Autobiográfico são examinados do ponto de vista do editor, da estilística, da complexidade do romance, da crítica textual e da análise do discurso de Bakhtin. Com a leitura crítica de ensaios de Erich Auerbach, Bakhtin, Tchekhov, H. S. Becker, Steven Pinker, Francine Prose, Stephen King David Lodge, Schopenhauer e José Luiz Fiorin, esse trabalho tenta responder por que tantos autores estreantes se amparam em recursos narrativos de pouca força expressiva e em falsas premissas sobre o que seria a "boa literatura". Os resultados apontam para narradores que desconhecem a diferença entre estar apto para se comunicar em uma língua ou usá-Ia como instrumentoestilístico. Somado a isso, há a complexidade do romance, um gênero que contempla inúmeras possibilidades e por isso dificulta as decisões assertivas; os resultados mostram ainda que os narradores se amparam na crítica literária antiga e em sua definição sobre o que vem a ser a boa literatura - dogmática, absoluta, inacessível e produzida por um grupo restrito de autores; por último, apoiando-se na teoria de Bakhtin, que defende que todo discurso é político, e por isso moldado pelas relações de poder, os narradores usam a narrativa obscura e palavrosa para camuflar inseguranças ou se proteger de possíveis críticas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.04.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH20900182078T FERRARI, VANESSA RAMOS, 2017
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERRARI, Vanessa Ramos; ALMEIDA, Manoel Mourivaldo Santiago. O narrador contemporâneo e a análise de originais. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-28062017-112753/ >.
    • APA

      Ferrari, V. R., & Almeida, M. M. S. (2017). O narrador contemporâneo e a análise de originais. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-28062017-112753/
    • NLM

      Ferrari VR, Almeida MMS. O narrador contemporâneo e a análise de originais [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-28062017-112753/
    • Vancouver

      Ferrari VR, Almeida MMS. O narrador contemporâneo e a análise de originais [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-28062017-112753/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: