Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

As primeiras concessões ferroviárias na Argentina e no Brasil: análise comparativa da evolução e desempenho de quantro empresas, 1850-1888 (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALBUQUERQUE, CAIO JUNQUEIRA DE SOUZA - PROLAM
  • USP Schools: PROLAM
  • Subjects: FERROVIAS; CONCESSÃO DE SERVIÇO PÚBLICO
  • Keywords: Buenos Aires great southern railway company; Central Argentine Railway Company; Companhia Mogiana de estradas de ferro; Companhia Mogiana de estradas de ferro; Companhia paulista de estradas de ferro; Companhia Paulista de estradas de ferro; Ferrocarril Central Argentino; Ferrocarril del Sud
  • Language: Português
  • Abstract: As ferrovias desempenharam um papel fundamental na transformação econômica pela qual passaram a Argentina e o Brasil, na segunda metade do século XIX. Estes países adotaram um modelo agroexportador, a fim de se inserirem na economia internacional que se desenvolvia à época. Milhares de quilômetro de trilhos foram construídos em cada país, boa parte deles por particulares, que recebiam concessões dos governos argentino e brasileiro tanto nacionais quanto provinciais. Para promover a construção de trilhos em países que, até meados do século XIX, se encontravam praticamente às margens da economia mundial e que não tinham qualquer tradição ferroviária, os governos precisaram outorgar uma série de benefícios a particulares, de modo a tornar as concessões atrativas. O objetivo deste trabalho é investigar os contratos e as condições das primeiras concessões ferroviárias de quatro estradas de ferro construídas na Argentina e no Brasil: o Ferrocarril Central Argentino, o Ferrocarril del Sud, a Companhia Paulista de Estradas de Ferro e a Companhia Mogiana de Estradas de Ferro. Essas ferrovias se instalaram em regiões importantes para o complexo agroexportador que se desenvolveu em ambos os países. Além do estudo de suas concessões, também se analisou o desempenho das companhias em apreço, entre 1880 e 1888. As principais fontes deste trabalho são (i) as próprias concessões ferroviárias, (ii) documentos normativos argentinos e brasileiros sobre estradas de ferro, (iii) os relatóriosdos diretores aos acionistas das empresas estudadas e (iv) revistas do século XIX sobre ferrovias. Os benefícios outorgados a investidores foram importantes para a promoção das primeiras estradas de ferro na Argentina e no Brasil. A garantia de juros foi o principal deles e ajudou a tornar as concessões desses dois países atrativas, visto que tal benefício era utilizado por diversos países. Contudo, a garantia de juros foi, frequentemente, concedida de maneira não criteriosa assim como outros benefícios outorgados pelos governos. Muitas das críticas que podem ser feitas à outorga de benefícios nas concessões questionam não os benefícios per se, mas o modo com que eles foram concedidos e, posteriormente, regulados. Se, por um lado, sustentou algumas estradas de ferro que não se revelaram lucrativas, a garantia de juros também conseguiu promover ferrovias rentáveis, que se tornaram independentes desse subsídio e ajudaram a desenvolver a economia do país em que se inseriam. É o caso das quatro companhias estudadas: todas elas se revelaram lucrativas na década de 1880, apesar das diferenças existentes entre elas em diversos aspectos – como extensão, diferenças na colonização da região em que construíram seus trilhos, bitola, volume de passageiros e de mercadorias transportadas, entre outros.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.04.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH20900179993T ALBUQUERQUE, CAIO JUNQUEIRA DE SOUZA 2015
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALBUQUERQUE, Caio Junqueira de Souza; LAMOUNIER, Maria Lucia. As primeiras concessões ferroviárias na Argentina e no Brasil: análise comparativa da evolução e desempenho de quantro empresas, 1850-1888. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/84/84131/tde-19062017-113344/ >.
    • APA

      Albuquerque, C. J. de S., & Lamounier, M. L. (2015). As primeiras concessões ferroviárias na Argentina e no Brasil: análise comparativa da evolução e desempenho de quantro empresas, 1850-1888. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/84/84131/tde-19062017-113344/
    • NLM

      Albuquerque CJ de S, Lamounier ML. As primeiras concessões ferroviárias na Argentina e no Brasil: análise comparativa da evolução e desempenho de quantro empresas, 1850-1888 [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/84/84131/tde-19062017-113344/
    • Vancouver

      Albuquerque CJ de S, Lamounier ML. As primeiras concessões ferroviárias na Argentina e no Brasil: análise comparativa da evolução e desempenho de quantro empresas, 1850-1888 [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/84/84131/tde-19062017-113344/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: