Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efetividade do método TVI intensivo e convencional nas medidas de tempo máximo de fonação (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BRASOLOTTO, ALCIONE GHEDINI - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Subjects: FONAÇÃO; RESPIRAÇÃO; VOZ FALADA; FONOAUDIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Dentre os aspectos impactados pelo presbifonia, destaca-se a dificuldade na coordenação entre respiração e fala, muitas vezes em razão de um tempo fonatório reduzido, que pode aparecer em decorrência de diversos fatores como a incompetência glótica, a diminuição da capacidade vital ou da dificuldade no controle muscular necessário para a fonoarticulação. Existem poucas propostas de intervenção fonoaudiológica no envelhecimento vocal e não há definição com relação à frequência terapêutica. O tratamento convencional varia de uma a duas vezes semanais, e algumas propostas sugerem um tratamento intensivo. Objetivos: Verificar os efeitos do programa Terapia Vocal para Idosos (TVI) nas medidas de Tempo Máximo de Fonação e identificar se há diferenças entre a administração do tratamento no formato intensivo e convencional. Métodos: O trabalho teve aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da instituição onde foi realizado (CAAE: 07814412.4.0000.5417). Desenvolveu-se um ensaio clínico randomizado cego, com 27 idosos com queixas vocais relacionadas ao envelhecimento, distribuídos em dois grupos. O Grupo Intensivo (GI) realizou 16 sessões terapêuticas quatro vezes por semana e o Grupo Convencional (GC), 16 sessões duas vezes semanais. O programa TVI envolveu exercícios de diversas técnicas com potencial para melhorar os aspectos vocais impactados pelo envelhecimento, sendo elas: sons vibrantes; sons nasais; variação de frequência; emissão em TMF em intensidade mais forte que o habitual; trato vocal semiocluído com canudo em água.Foram extraídas medidas de Tempo Máximo de Fonação das vogais “a”, “i”, “u” e das consoantes “s” e “z” na semana anterior ao início dos atendimentos, na semana seguinte ao término dos mesmos e um mês após. Os profissionais que coletaram os dados das avaliações foram distintos do fonoaudiólogo que aplicou o tratamento. Foram extraídas três medidas do TMF para cada emissão e o valor para cada momento de avaliação foi determinado pela média destas três medidas. Finalizaram o tratamento 25 idosos (21 mulheres e quatro homens), 13 do GI e 12 do GC. Os testes estatísticos utilizados foram ANOVA a dois critérios e, quando houve diferença para grupos e/ou período de avaliação, aplicou-se o teste Tukey, Resultados: Houve diferença no Tempo Máximo de Fonação da vogal “a” no GI, de maneira que o TMF do “a” foi maior no momento pós terapia em relação às avaliações dos momentos pós uma semana e um mês (p= 0,01). Conclusões: O programa TVI produz o efeito de aumentar o Tempo Máximo de Fonação quando a terapia vocal é administrada de maneira intensiva, porém não há manutenção da mudança na ausência da terapia vocal. O potencial da terapia intensiva em proporcionar melhora no controle de fluxo aéreo durante sustentação de vogais em idosos de forma mais evidente do que a terapia convencional deve ser investigado de outras formas, no intuito de produzir efeitos mais duradouros.
  • Imprenta:
  • Source:
    • Título do periódico: Anais
  • Conference titles: Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GODOY, Juliana Fernandes; BRASOLOTTO, Alcione Ghedini. Efetividade do método TVI intensivo e convencional nas medidas de tempo máximo de fonação. Anais.. São Paulo: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 2017.
    • APA

      Godoy, J. F., & Brasolotto, A. G. (2017). Efetividade do método TVI intensivo e convencional nas medidas de tempo máximo de fonação. In Anais. São Paulo: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia.
    • NLM

      Godoy JF, Brasolotto AG. Efetividade do método TVI intensivo e convencional nas medidas de tempo máximo de fonação. Anais. 2017 ;
    • Vancouver

      Godoy JF, Brasolotto AG. Efetividade do método TVI intensivo e convencional nas medidas de tempo máximo de fonação. Anais. 2017 ;