Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Política educacional e conquista de direitos: escolas públicas em comunidades quilombolas (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CORDEIRO, MAURO SOARES - FE
  • USP Schools: FE
  • Subjects: AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO; POLÍTICA EDUCACIONAL; PARTICIPAÇÃO; EDUCAÇÃO ESCOLAR; ENSINO PÚBLICO; QUILOMBOS; ESCOLAS
  • Keywords: Comunidades quilombolas; Direitos; Educação escolar pública; Educational policy; Escolas quilombolas; Participação; Participation; Política educacional; Public school education; Quilombola communities; Quilombola school; Rights
  • Language: Português
  • Abstract: O problema de pesquisa proposto é: como os quilombolas situam a educação escolar pública frente à conquista de seus direitos? A principal hipótese focalizada é que os quilombolas situam a educação escolar pública como necessária para fazer realizar direitos fundamentais, considerados uma constante na vivência e na luta política de suas comunidades. Contudo, as escolas quilombolas dão sinais de serem comuns às de outras regiões, indiferentes à peculiaridade do grupo social ao qual devem servir e aos seus movimentos por direitos. O fato contraria as expectativas de quilombolas das comunidades focalizadas por esta pesquisa quanto à escolarização, pois essas pessoas situam a escola como necessária para fazer realizar direitos fundamentais. Para o exame da hipótese, a pesquisa consistiu de estudos de casos de seis escolas municipais e uma estadual, localizadas em comunidades quilombolas no município de Eldorado, Vale do Ribeira, estado de São Paulo. Para caracterizar como quilombolas situam as escolas, esta pesquisa se baseou em conversas realizadas com lideranças e demais pessoas sócias das associações quilombolas, assim como com pessoal que trabalha nas escolas e na hierarquia superior de administração. Essas conversas serviram ainda para compreender qual tem sido a atuação das escolas frente aos movimentos por direitos caros às comunidades às quais atendem. Concluiu-se que quilombolas daquela região situam as escolas como necessárias para a realização de seusdireitos, muito embora estas se mantenham alheias ao movimento quilombola
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.09.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FE2871867-20379.5 C794p
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CORDEIRO, Mauro Soares; GHANEM JUNIOR, Elie George Guimaraes. Política educacional e conquista de direitos: escolas públicas em comunidades quilombolas. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-30012018-140434/ >.
    • APA

      Cordeiro, M. S., & Ghanem Junior, E. G. G. (2017). Política educacional e conquista de direitos: escolas públicas em comunidades quilombolas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-30012018-140434/
    • NLM

      Cordeiro MS, Ghanem Junior EGG. Política educacional e conquista de direitos: escolas públicas em comunidades quilombolas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-30012018-140434/
    • Vancouver

      Cordeiro MS, Ghanem Junior EGG. Política educacional e conquista de direitos: escolas públicas em comunidades quilombolas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-30012018-140434/