Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Modelo de simulação estocástica da demanda de água em edifí­cios residenciais (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FERREIRA, TIAGO DE VASCONCELOS GONÇALVES - EP
  • USP Schools: EP
  • Subjects: SISTEMAS PREDIAIS; ÁGUA; EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: Ao longo dos anos, pesquisadores têm liderado estudos com o objetivo de investigar o perfil de consumo de água em edifícios, os quais contribuem para o conhecimento no que tange ao correto dimensionamento dos sistemas prediais. No contexto dos métodos para a caracterização das solicitações, as rotinas comumente empregadas para a obtenção das vazões de projeto foram, em sua maioria, propostas na metade do século XX. Estes modelos precisam ser revisados e readequados para a realidade de conservação existente atualmente. Nos últimos anos, alguns estudos propuseram modelos de simulação com foco de aplicação em sistemas prediais de distribuição de água, devido ao comportamento aleatório e temporal das solicitações neste tipo de sistema. Neste trabalho foi proposto um modelo de simulação estocástica da demanda de água em edifícios residenciais, que contemplou a modelagem comportamental dos usuários e a interação destes com o sistema, a fim de aperfeiçoar o processo de dimensionamento dos sistemas prediais de distribuição de água. Para isto, foram revisadas as bases teóricas de modelos propostos anteriormente com interesse de identificar aspectos significativos e construir um novo modelo, que mesclou a modelagem comportamental dos usuários e do sistema hidráulico. Para a obtenção dos valores das variáveis intervenientes, foi feita uma consulta em trabalhos dentro do contexto nacional e uma coleta de dados em campo. Os resultados da pesquisa em campo mostraram a correlação entre a rotina dos usuários e o volume de água consumida e um aumento médio de 192% do valor da vazão de projeto obtida pelo Método dos Pesos Relativos quando comparada com as vazões obtidas no medidor dos apartamentos monitorados. Em posse de todos os dados de entrada, foram feitas diferentes simulações que variaram o tipo do chuveiro instalado nos apartamentos. Quando comparadas as vazões obtidaspela simulação e pelo Método dos Pesos Relativos, em todos os componentes do sistema, a redução da vazão de projeto variou entre 4% e 61%. Em termos de consumo de material, a redução ficou entre 25% a 63%.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.01.2018
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPBC31200051228FD-7114
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, Tiago de Vasconcelos Gonçalves; GONÇALVES, Orestes Marraccini. Modelo de simulação estocástica da demanda de água em edifí­cios residenciais. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-10042018-105211/pt-br.php >.
    • APA

      Ferreira, T. de V. G., & Gonçalves, O. M. (2018). Modelo de simulação estocástica da demanda de água em edifí­cios residenciais. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-10042018-105211/pt-br.php
    • NLM

      Ferreira T de VG, Gonçalves OM. Modelo de simulação estocástica da demanda de água em edifí­cios residenciais [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-10042018-105211/pt-br.php
    • Vancouver

      Ferreira T de VG, Gonçalves OM. Modelo de simulação estocástica da demanda de água em edifí­cios residenciais [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-10042018-105211/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: