Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Characterization of PTEN gene as a prognostic biomarker in prostate cancer (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALBUQUERQUE, CLARISSA GONDIM PICANÇO DE - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGE
  • Subjects: GENÉTICA; NEOPLASIAS; BIOMARCADORES; DOENÇAS
  • Language: Inglês
  • Abstract: O gene supressor tumoral PTEN é um biomarcador promissor no câncer de próstata. Importantes evidências biológicas indicam que a sua perda de função está associada a agressividade da doença. Esse estudo tem como objetivo identificar o efeito da perda de PTEN em características clínicas em coortes distintas de câncer de próstata Gleason 7 do Brasil e dos Estados Unidos. Com isso, será possível melhorar a estratificação de risco utilizando a perda de PTEN como indicador de mau prognóstico. Além disso, estudos do nosso grupo têm identificado que a perda de PTEN está associada à alteração no perfil de infiltração de células T no microambiente tumoral. Nos pacientes brasileiros, a frequência de perda de PTEN foi avaliada em 43 indivíduos submetidos à prostatectomia radical através das técnicas de hibridação in situ por fluorescência (FISH) e imunohistoquímica (IHC). Na amostra americana, tivemos duas cortes distintas: uma composta por 244 casos de prostatectomia radical derivadas de uma análise in silico obtida do The Cancer Genome Atlas (TCGA) e outra amostra de um estudo de caso controle derivada de 111 biópsias do Johns Hopkins Medical School. Esta última análise evidenciou que a perda do PTEN por FISH e IHC foi preditivo para upgrade após prostatectomia radical. Nossos resultados indicaram que a frequência da perda de PTEN foi similar entre todas as coortes analisadas (~20%). Na amostra brasileira, utilizando FISH e IHC, observamos uma associação significativa entre a perda de PTEN e fatores de pior prognóstico, assim como uma tendência para recorrência bioquímica mais precoce. Na análise de variação de número de cópias das amostras Gleason 7 do TCGA, observamos alterações concomitantes no genoma em pacientes que apresentavam deleção em homozigose ou hemizigose. Além disso, na análise in silico, observamos uma associação entre deleção do PTEN e extensãoextraprostática (P = 0.05) assim como recorrência de doença (P = 0.03). Também observamos uma maior frequência de deleção de PTEN em homens brancos quando comparados à negros e asiáticos (P = 0.01). Através de IHC, avaliamos a taxa de infiltração de células T CD8+ no microambiente tumoral da amostra brasileira. Observamos uma tendência para uma maior taxa de infiltração de células T CD8+ nos casos que apresentam deleção de PTEN em homozigose. Nesta tese, o gene PTEN foi caracterizado como um biomarcador informativo para estratificação de risco do câncer de próstata devido as suas diversas funções e seu alto impacto na proliferação e sobrevivência celular. Além disso, PTEN apresenta um papel emergente como biomarcador da resposta imune no microambiente tumoral
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.11.2017

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200069477Albuquerque, Clarissa Gondim Picanço de
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALBUQUERQUE, Clarissa Gondim Picanço de; SQUIRE, Jeremy A; REIS, Rodolfo Borges dos. Characterization of PTEN gene as a prognostic biomarker in prostate cancer. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017.
    • APA

      Albuquerque, C. G. P. de, Squire, J. A., & Reis, R. B. dos. (2017). Characterization of PTEN gene as a prognostic biomarker in prostate cancer. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Albuquerque CGP de, Squire JA, Reis RB dos. Characterization of PTEN gene as a prognostic biomarker in prostate cancer. 2017 ;
    • Vancouver

      Albuquerque CGP de, Squire JA, Reis RB dos. Characterization of PTEN gene as a prognostic biomarker in prostate cancer. 2017 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: