Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Patogenicidade e regulação hormonal na interação Moniliophthora perniciosa x Solanum lycopersicum (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: COSTA, JULIANA LELES - CENA
  • USP Schools: CENA
  • Subjects: CITOCININAS; EXPRESSÃO GÊNICA; HORMÔNIOS VEGETAIS; TOMATE; VASSOURA-DE-BRUXA
  • Keywords: Auxin; Auxina; Biótipo-S; Cytokinin; Gene expression; Histopathology; Histopatologia; S-biotype; Witches'Broom disease
  • Language: Português
  • Abstract: Moniliophthora perniciosa é o agente causal da doença vassoura-de-bruxa em cacaueiro (Theobroma cacao). Os sintomas da doença compreendem perda de dominância apical, inchamento e excesso de brotações em ramos novos, reversão de meristemas florais em vegetativos, partenocarpia e lesões necróticas em frutos, sugerindo a ocorrência de alterações hormonais no hospedeiro. A disponibilidade de isolados do biótipo-S capazes de infectar o tomateiro, permitiu a utilização da cultivar miniatura \'Micro-Tom\' (MT) como um modelo para estudo da interação Moniliophthora perniciosa x Solanum lycopersicum. Além de provocar sintomas característicos no MT, a disponibilidade de mutantes e linhas transgênicas introgredidos em MT, com alterações que afetam o metabolismo e sensibilidade hormonal, permitem investigar o papel dos hormônios vegetais no desenvolvimento dos sintomas. Inicialmente, foi avaliada a agressividade de três isolados do biótipo-S no MT, sendo que um isolado de Tiradentes apresentou maior agressividade, com maior incidência dos sintomas, maior engrossamento do caule, redução na altura das plantas, aumento no número de lóculos nos frutos e redução na biomassa radicular. Mutantes com alterações na percepção para auxina (diageotropica e entire) e uma linha transgênica expressando uma citocinina oxidase de Arabidopsis (35S::AtCKX2) diferiram para o engrossamento do caule e distribuição do número de lóculos nos frutos em relação ao MT. A linha transgênica 35S::AtCKX2 diferiusignificativamente de MT com menor incidência de infecção. O engrossamento do caule associa-se ao aumento na área do córtex e, principalmente do xilema e floema. A aplicação exógena de citocinina sintética benzil-adenina (BA) e da auxina sintética ácido naftaleno acético (ANA) em MT evocam sintomas similares aos de plantas infectadas com M. perniciosa. Linhas transgênicas repórter de sinalização por citocinina (ARR5::GUS) ou auxina (DR5::GUS) indicaram sinalização diferencial por citocinina a 24 h e 36 h após inoculação (HAI) e 48 HAI por auxina. A infecção por M. perniciosa aumentou os níveis de ácido jasmônico, ácido salicílico (AS) e auxina em MT entre 5 d a 30 DAI, com maior incremento aos 5 DAI, enquanto que o nível de ácido abscísico aumentou aos 20 d e 30 DAI, e AS foi o único detectado em micélio dicariótico do biótipo-S. Genes de biossíntese de citocinina (IPT), ativação (LOG), degradação (CKX) e resposta à citocinina (ARRs e CRF) e auxina (AUX/IAA, ARFs, SAUR e GH3) foram induzidos em MT inoculado de 12 h a 5 DAI, mas com maior acúmulo de transcritos aos 30 DAI. M. perniciosa induziu maior expressão desses genes citados e de biossíntese auxina, nos momentos iniciais da interação (12 h a 5 DAI) em 35S::AtCKX2 do que no MT. O efeito da infecção em aumentar o número de lóculos nos frutos parece ser independente ou downstream a mutação fasciated, Mouse ears e ovate. A mutação Lanceolate parece ter um papel na redução do efeito da infecção em aumentar o número delóculos. Os resultados obtidos sugerem que a infecção pelo M. perniciosa em MT altere os níveis/sinalização dos hormônios vegetais, principalmente auxina e citocinina, provocando o engrossamento do caule (aumento no xilema, floema e córtex), redução no crescimento e na biomassa radicular e aumento no número de lóculos nos frutos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.08.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CENA12800012697referência e.3 12926
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COSTA, Juliana Leles; FIGUEIRA, Antonio Vargas de Oliveira. Patogenicidade e regulação hormonal na interação Moniliophthora perniciosa x Solanum lycopersicum. 2017.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64133/tde-04052018-100645/ >.
    • APA

      Costa, J. L., & Figueira, A. V. de O. (2017). Patogenicidade e regulação hormonal na interação Moniliophthora perniciosa x Solanum lycopersicum. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64133/tde-04052018-100645/
    • NLM

      Costa JL, Figueira AV de O. Patogenicidade e regulação hormonal na interação Moniliophthora perniciosa x Solanum lycopersicum [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64133/tde-04052018-100645/
    • Vancouver

      Costa JL, Figueira AV de O. Patogenicidade e regulação hormonal na interação Moniliophthora perniciosa x Solanum lycopersicum [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64133/tde-04052018-100645/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: