Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Fatores de estresse, sintomas depressivos, suporte social e resiliência associados ao desempenho acadêmico em estudantes de enfermagem (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FONSECA, JOSÉ RICARDO FERREIRA DA - EE
  • USP Schools: EE
  • Sigla do Departamento: ENC
  • Subjects: ESTRESSE PSICOLÓGICO; DEPRESSÃO; APOIO SOCIAL; RESILIÊNCIA (PSICOLOGIA); ESTUDANTES; ENFERMAGEM
  • Keywords: Academic Performance; Depression; Desempenho acadêmico; Resilience Psychological; Social support; Stress Psychological; Students Nursing
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: As adversidades da vida acadêmica trazem inúmeros desafios, o que pode refletir no pior desempenho acadêmico do estudante de enfermagem. Os fatores de estresse e sintomatologia depressiva tem impacto negativo na vida do estudante, por outro lado, o suporte social e resiliência são entendidos como fatores de proteção. No entanto pouco tem se investigado sobre a influência desse conjunto de fatores no desempenho acadêmico do estudante de enfermagem. Objetivo: Analisar a influência dos fatores de estresse, sintomatologia depressiva, suporte social e resiliência no desempenho acadêmico de estudantes de enfermagem. Casuística e método: Trata-se de uma pesquisa observacional, transversal, quantitativa, com 155 estudante de enfermagem de uma universidade pública no Estado do Amazonas, Brasil. Para coleta de dados foi utilizado caderno de questões contendo dados sociodemográficos, acadêmicos, desempenho acadêmico (Coeficiente de rendimento escolar CRE e Rendimento Semestral individual RSI), Escala de Avaliação de Estresse em Estudantes de Enfermagem (AEEE), Escala de sintomatologia depressiva do Center for Epidemiologic Studies Depression (CES-D) e a Escala de suporte social do Medical Outcomes Study (MOS) e Escala 14-itens Resilience Scale (RS-14). Para análise dos dados utilizou-se o coeficiente de correlação de Pearson, Análise de variância (ANOVA), teste de Tukey e regressão linear múltipla. Resultados: Para os estudantes foi predominante baixa pontuação de estresse em todos os domínios, com pontuação média para Realização das atividades práticas, Gerenciamento do tempo, Ambiente e Atividade teórica, pontuação alta para Comunicação profissional e Formação profissional. 72,9% estavam com sintomas depressivos, a média dos escore de sintomatologia depressiva foi de 21,08, acima do ponto de corte 16, e o fator Afetos positivos obteve maior escore padronizado.A dimensão do suporte social Apoio social afetivo foi predominante. Os estudantes foram classificados em alta e muito alta resiliência. As variáveis que se associaram significativamente com o RSI foram: Pessoas com as quais reside (morar sozinho); Semestre escolar (sétimo); Reprovação em disciplinas; Atividades complementares e Bolsista; A variável Reprovação em disciplina se associou significativamente com o CRE. As variáveis Número de disciplinas cursadas com aprovação, Número de disciplinas cursadas com reprovação correlacionaram-se significativamente com o RSI e CRE respectivamente. As variáveis que se correlacionaram-se significativamente com o RSI foram: Fatores de estresse (Realização das atividades práticas, Comunicação profissional, Formação profissional) com correlação positiva; Sintomatologia depressiva (Dimensões: Depressão; Interpessoal; Somática/iniciativa) com correlação negativa; Suporte social (Dimensão: Apoio social afetivo) com correlação positiva. Reprovação em disciplinas, intenção de continuidade nos estudos, prática de campo, idade, número de disciplinas cursadas com aprovação, número de disciplinas cursadas com reprovação e fatores de estresse Atividade teórica foram preditores do CRE. Reprovação em disciplinas, pessoas com as quais reside (morar sozinho), semestre escolar (sétimo), estar no sétimo semestre, número de disciplinas cursadas com aprovação, Sintomatologia depressiva Somática/iniciativa foram os preditores do RSI.Conclusão: A percepção de estresse nas atividades teóricas e a sintomatologia depressiva (Somática/iniciativa) impactaram negativamente no desempenho acadêmico. O estresse percebido na realização das atividades práticas, comunicação profissional e formação profissional correlacionou-se positivamente com o desempenho acadêmico, dado relevante que representa uma análise do estresse sob uma perspectiva positiva e não somente negativa. O suporte social foi um fator de proteção para o desempenho e a resiliência não apresentou influência. Esta pesquisa contribuiu para compreensão dos aspectos psicoemocionais investigados no desempenho acadêmico do estudante de enfermagem, além de trazer novos dados para compreensão do estresse sob uma perspectiva positiva.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.02.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200028933T4882 (corrigida)
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FONSECA, José Ricardo Ferreira da; CALACHE, Ana Lucia Siqueira Costa. Fatores de estresse, sintomas depressivos, suporte social e resiliência associados ao desempenho acadêmico em estudantes de enfermagem. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-27042018-121153/ >.
    • APA

      Fonseca, J. R. F. da, & Calache, A. L. S. C. (2017). Fatores de estresse, sintomas depressivos, suporte social e resiliência associados ao desempenho acadêmico em estudantes de enfermagem. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-27042018-121153/
    • NLM

      Fonseca JRF da, Calache ALSC. Fatores de estresse, sintomas depressivos, suporte social e resiliência associados ao desempenho acadêmico em estudantes de enfermagem [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-27042018-121153/
    • Vancouver

      Fonseca JRF da, Calache ALSC. Fatores de estresse, sintomas depressivos, suporte social e resiliência associados ao desempenho acadêmico em estudantes de enfermagem [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-27042018-121153/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: