Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Relações sobre usinas hidrelétricas e alterações nos modos de produção agrícola (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PRAIA, AMANDA SALLES - IEE
  • USP Schools: IEE
  • Subjects: PRODUÇÃO AGRÍCOLA; USINAS HIDRELÉTRICAS; SEGURANÇA ALIMENTAR; GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA
  • Keywords: agricultural production; avaliação de impacto; food safety; geração de energia; hidrelétrica; hydroelectric; impact assessment; power generation; produção agrícola; segurança alimentar
  • Language: Português
  • Abstract: A instalação de empreendimentos hidrelétricos ocorreu de forma crescente no Brasil na última década. De igual modo, a importância da produção agrícola na economia nacional também cresceu. A supressão de terras e a alteração do fluxo da água causada pelo alagamento necessário à implantação de usinas hidrelétricas alteram a estrutura e a dinâmica das regiões diretamente afetadas em função de aspectos ambientais e sociais como reassentamentos, migrações, especulação imobiliária, êxodo rural etc. Estes impactos das hidrelétricas têm sido amplamente descritos pela literatura. O presente trabalho buscou analisar de forma especifica os impactos ocasionados pelos alagamentos sofridos pelos municípios brasileiros afetados por usinas hidrelétricas e seu reflexo nos modos de produção agrícola dos municípios afetados. Para tanto, realizou-se uma análise exploratória com indicadores na esfera nacional e um estudo de caso com as hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio em Porto Velho (RO) baseado em entrevistas semiestruturadas. Os resultados na fase exploratória as correlações indicaram que quanto maior tamanho da área alagada maior é a variação de áreas plantadas e PIB agrícola dos municípios afetados. Com o estudo de caso foi possível identificar que há impactos significativos sobre os modos de produção agrícola, essa mudança pode ser explicada pela diferença entre a qualidade do solo de regiões ribeirinhas e a qualidade do solo nos reassentamentos. Tais impactos podem influenciar osindicadores que refletem a quantidade de áreas plantadas destes municípios. Identificou-se também que os impactos sobre a agricultura não são previstos nos estudos de impacto ambiental das hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.10.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IEE30400007782D-PROCAM/USP T.800di
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PRAIA, Amanda Salles; MORETTO, Evandro Mateus. Relações sobre usinas hidrelétricas e alterações nos modos de produção agrícola. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/106/106132/tde-04012018-222650/ >.
    • APA

      Praia, A. S., & Moretto, E. M. (2017). Relações sobre usinas hidrelétricas e alterações nos modos de produção agrícola. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/106/106132/tde-04012018-222650/
    • NLM

      Praia AS, Moretto EM. Relações sobre usinas hidrelétricas e alterações nos modos de produção agrícola [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/106/106132/tde-04012018-222650/
    • Vancouver

      Praia AS, Moretto EM. Relações sobre usinas hidrelétricas e alterações nos modos de produção agrícola [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/106/106132/tde-04012018-222650/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: