Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Mobilização, sociedade civil e governança:: a escassez e a crise hídrica na macrometrópole de São Paulo (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RICHTER, RENATO MAURO - IEE
  • USP Schools: IEE
  • Subjects: RECURSOS HÍDRICOS; GESTÃO AMBIENTAL; POLÍTICAS PÚBLICAS; ÁGUA
  • Keywords: civil society; social participation; water scarcity; water management; sociedade civil; participação social; escassez hídrica; gestão das águas
  • Language: Português
  • Abstract: Nos últimos anos, cada vez mais a participação social é um fator preponderante para a consolidação da democracia e o desenvolvimento da cidadania. Com a participação da sociedade civil surgem conflitos diante de uma cultura política centralizadora, tanto nas decisões, como na manutenção do poder por grupos dominantes dos recursos políticos, econômicos e culturais, onde o consenso e as consequências das políticas públicas em relação à governança da água afetam a sociedade civil. Fatos recentes, que envolve a crise hídrica na Macrometrópole Paulista (MMP), denunciam a escassez e revelam a atual e real gestão em relação à água. Indispensável à sobrevivência humana, tal contexto desencadeou novas articulações entre governo, instituições e sociedade. Neste cenário, a luta pela questão ambiental passou a ocupar arenas antes não ocupadas. A participação da sociedade civil na gestão da água desvenda vários conflitos ao envolver diferentes atores diante da desigualdade e das condições de negociação. Neste sentido, tais conflitos desencadeiam arranjos entre os atores sociais que procuram influenciar o processo decisório institucional, apesar de tal análise focar a sociedade civil externa à institucionalidade estabelecida. A presente Tese buscou analisar a atuação da sociedade civil frente à crise hídrica na MMP, ou seja, foca a sociedade civil e seus atores na busca de soluções para enfrentar a crise e propor soluções diante do problema apresentado. Ao enriquecer a reflexão sobre oscaminhos alternativos, com a participação da sociedade civil, busca propostas diante da escassez hídrica, uma vez que a crise atual não se refere apenas ao abastecimento, mas também ao modelo de gestão e de efetividade da governança. Utilizou como fundamentos de análise, tanto a escola europeia, como a americana, de teorias dos movimentos sociais. A pesquisa qualitativa, de caráter interdisciplinar, envolveu o desenho da uma cronologia da crise e conta com o estudo de caso, a partir de entrevistas e o acompanhamento dos processos de participação da sociedade civil e seus atores
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.12.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RICHTER, Renato Mauro; JACOBI, Pedro Roberto. Mobilização, sociedade civil e governança:: a escassez e a crise hídrica na macrometrópole de São Paulo. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/106/106132/tde-24012018-125602/ >.
    • APA

      Richter, R. M., & Jacobi, P. R. (2017). Mobilização, sociedade civil e governança:: a escassez e a crise hídrica na macrometrópole de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/106/106132/tde-24012018-125602/
    • NLM

      Richter RM, Jacobi PR. Mobilização, sociedade civil e governança:: a escassez e a crise hídrica na macrometrópole de São Paulo [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/106/106132/tde-24012018-125602/
    • Vancouver

      Richter RM, Jacobi PR. Mobilização, sociedade civil e governança:: a escassez e a crise hídrica na macrometrópole de São Paulo [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/106/106132/tde-24012018-125602/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: