Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Processo de trabalho das equipes de saúde da família com o núcleo de apoio à saúde da família: aspectos facilitadores e limitantes (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GHILARDI, SANDRA ABREU - FO/EE/FSP
  • USP Schools: FO/EE/FSP
  • Sigla do Departamento: ODS
  • Subjects: SAÚDE DA FAMÍLIA; ASSISTÊNCIA À SAÚDE; INTEGRAÇÃO CLÍNICA ODONTOLÓGICA
  • Keywords: Cuidado em saúde; Estratégia de Saúde da Família; Family Health Strategy; Health Care; Integralidade Organização de serviço; Integrality; Service Organization
  • Language: Português
  • Abstract: A atuação das Equipes de Saúde na Atenção Primária em Saúde, estruturam suas ações à população disponibilizando como ferramentas de trabalho o Matriciamento e o Projeto Terapêutico Singular (PTS), para melhorar a produção do cuidado através de uma relação horizontalizada, compartilhada e colaborativa. Este estudo tem como objetivo identificar os pontos facilitadores e limitantes do processo de trabalho entre as equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) e do Núcleo de Apoio a Saúde das Famílias (NASF) em duas Unidades Básicas de Saúde (UBS) pertencentes à Atenção Primaria à Saúde - APS Santa Marcelina, na região da zona Leste de São Paulo e comparar as diferenças na forma e organização de trabalho entre as equipes. Trata-se de um estudo qualitativo cujos dados foram coletados através de grupos focais e entrevistas individuais, e foram analisados e apresentados pela técnica de analise de conteúdo de Bardin que permitiu observar as características pessoais para o trabalho como: afinidade, conhecimento técnico, compartilhamento do trabalho, confiança e confiabilidade, convivência pessoal e profissional, disponibilidade, perfil individual/ envolvimento e participação / interesse, valorização e vínculo, quanto às características estruturais para o trabalho como atualização, estrutura de trabalho, interação, organização do trabalho, trabalho em equipe e absenteísmo, que representam as diferenças, as facilidades ou as limitações do trabalho dentro do contexto do trabalho emequipe. Assim sendo, foi possível concluir que a presença fixa do NASF na Unidade facilita a prática do trabalho compartilhado entre as equipes tanto nas características pessoais como estruturais de trabalho, na perspectiva da transdisciplinariedade de saberes e da integralidade do cuidado em saúde
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.03.2018
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GHILARDI, Sandra Abreu; FRIAS, Antônio Carlos. Processo de trabalho das equipes de saúde da família com o núcleo de apoio à saúde da família: aspectos facilitadores e limitantes. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/108/108131/tde-04062018-164323/ >.
    • APA

      Ghilardi, S. A., & Frias, A. C. (2018). Processo de trabalho das equipes de saúde da família com o núcleo de apoio à saúde da família: aspectos facilitadores e limitantes. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/108/108131/tde-04062018-164323/
    • NLM

      Ghilardi SA, Frias AC. Processo de trabalho das equipes de saúde da família com o núcleo de apoio à saúde da família: aspectos facilitadores e limitantes [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/108/108131/tde-04062018-164323/
    • Vancouver

      Ghilardi SA, Frias AC. Processo de trabalho das equipes de saúde da família com o núcleo de apoio à saúde da família: aspectos facilitadores e limitantes [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/108/108131/tde-04062018-164323/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: