Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Dodecylated and non-dodecylated poly(succinimide)-based polyplexes with pEGFP-N3 plasmid: polymer synthesis, plasmid transfection and GFP expression (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KRAVICZ, MARCELO HENRIQUE - FCFRP
  • USP Schools: FCFRP
  • Subjects: TRANSFECÇÃO; GENES; FARMÁCIA; COSMETOLOGIA
  • Language: Inglês
  • Abstract: O uso de genes em terapias é um conceito originado em 1970 em consequência do crescimento exponencial de novas tecnologias para liberação de DNA, também pela capacidade de expressão de genes exógenos em células de mamíferos. Propomos, então, a síntese de polímeros catiônicos, em dois grupos, por meio da aminólise da poli(succinimida) (PSI): grupo 1An, polímeros catiônicos com arcabouço poli (ácido aspártico) com cadeias laterais contendo aminas protonáveis; grupo 2An, polímeros catiônicos anfifílicos, contenho o poli (ácido aspártico) como arcabouço, com aminas protonáveis e cadeias dodecilamina. Estudos de SEC mostraram que derivados dodecilados 2An tiveram tamanho menor que os polímeros do grupo 1An, não dodecilados. A capacidade tamponante para todos os polímeros sintetizados foi maior que o bPEI 25, e o grupo 2An apresentou as maiores capacidades tamponantes. Derivados 2An com as aminas A1 a A4 apresentaram menor CMC do que o grupo 1An. Citotoxicidade dos policátions foi dependente das suas concentrações e, entre todos os polímeros, aqueles com aminas A5 e A6 não foram citotóxicos. A presença da cadeia dodecilamina na PSI não diminuiu a viabilidade celular até 250 μL-1, sugerindo que a porção hidrofóbica não é citotóxica na faixa de concentrações testada. A complexação do pEGFP-N3 com os derivados de PSI foi realizada, bem como a transfecção dos poliplexos em células HeLa. A expressão de GFP dos complexos obtidas com bPEI 25 foi quantificada e comparada com os poliplexos preparados com os derivados da PSI. Ensaios de transfecção mostraram que os derivados dodecilados da PSI apresentaram expressão negligenciável de GFP em células HeLa, sugerindo uma ligação forte entre plasmídeo e os derivados sintetizados e não-liberação do material genético nas células, ou dano celular causado pela cadeia hidrofóbica nas células. Os maioresvalores de GFP quantificados foram encontrados nos poliplexos contendo polímeros não-dodecilados e com as aminas A3 e A4, nas razoes N:P 5 a 20 para A3 e N:P 5 para A4. Ambas as estruturas A3 e A4 fazem parte do core do bPEI 25
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.01.2018

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KRAVICZ, Marcelo Henrique; BENTLEY, Maria Vitória Lopes Badra. Dodecylated and non-dodecylated poly(succinimide)-based polyplexes with pEGFP-N3 plasmid: polymer synthesis, plasmid transfection and GFP expression. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018.
    • APA

      Kravicz, M. H., & Bentley, M. V. L. B. (2018). Dodecylated and non-dodecylated poly(succinimide)-based polyplexes with pEGFP-N3 plasmid: polymer synthesis, plasmid transfection and GFP expression. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Kravicz MH, Bentley MVLB. Dodecylated and non-dodecylated poly(succinimide)-based polyplexes with pEGFP-N3 plasmid: polymer synthesis, plasmid transfection and GFP expression. 2018 ;
    • Vancouver

      Kravicz MH, Bentley MVLB. Dodecylated and non-dodecylated poly(succinimide)-based polyplexes with pEGFP-N3 plasmid: polymer synthesis, plasmid transfection and GFP expression. 2018 ;