Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A study of the modification of Y-TZP and resin cement with titanium dioxide nanotubes (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CHAVES, ANA PAULA RODRIGUES DE MAGALHÃES - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Sigla do Departamento: BAD
  • Subjects: ZIRCÔNIO; CIMENTO RESINOSO; NANOTUBOS; TITÂNIO; MATERIAIS DENTÁRIOS; CERÂMICA
  • Language: Inglês
  • Abstract: Nanotubos de dióxido de titânio (TiO2) tem sido utilizados para melhorar as propriedades mecânicas de materiais odontológicos. Zircônica tetragonal policristalina estabilizada por ítria (Y-TZP) tem sido amplamente utilizada na Odontologia. Apesar de seus excelentes resultados clínicos, a Y-TZP é suscetível a falhas relacionadas à espessura insuficiente do conector da prótese fixa e a soltura da restauração devido à adesão deficiente. O objetivo desse trabalho é avaliar o efeito da adição de diferentes concentrações de nanotubos de TiO2 à Y-TZP nas suas propriedades mecânicas e microestrutura, além de avaliar a influência na resistência de união da adição desses nanotubos na cerâmica ou no cimento resinoso. Para isso, os objetivos descritos foram divididos em dois artigos diferentes. O artigo 1 descreve os testes de resistência flexural biaxial, análise fractográfica qualitativa em microscopia eletrônica de varredura (MEV), avaliação de microestrutura em MEV de emissão de campo e difração de raios-X. Os grupos avaliados foram: Y-TZP comercial (Ivoclar Vivadent) (ZC) e Y-TZP experimental com diferentes concentrações de nanotubos [0 (Z0), 1 (Z1), 2 (Z2), e 5% (Z5), em volume]. No artigo 2 está descrito o teste de resistência ao cisalhamento que foi realizado com os seguintes grupos: Y-TZP comercial (ZC) e Y-TZP experimental com diferentes concentrações de nanotubos [0 (Z0), 1 (Z1), 2 (Z2), e 5% (Z5), em volume] aderidas ao cimento Panavia F2.0; e Y-TZP comercial aderida ao cimento resinoso RelyX U200 com adição de diferentes concentrações de nanotubos em dois métodos de polimerização: dual [0 (DC), 0,3 (D03), 0,6 (D06) e 0,9% (D09) de nanotubos em peso] ou auto [0 (SC), 0,3 (S03), 0,6 (S06) e 0,9% (S09) de nanotubos em peso]. Os valores de resistência flexural e resistência ao cisalhamento foram submetidos aos testes de ANOVA e Tukey (=0,05).A resistência flexural também passou por análise de Weibull. Os valores de tamanho de grãos foram submetidos a testes de Kruskal-Wallis e Dunn (=0,05). Os resultados de resistência flexural encontrados foram: ZC 896,73±122,70; Z0 577,67±62,26; Z1 477,32±75,65; Z2 492,25±63,19; Z5 437,18±53,55. Os resultados de módulo de Weibull encontrados foram: ZC - 7,9; Z0 - 11,2; Z1 - 8,7; Z2 - 8,1; Z5 - 9,3. Os resultados mostraram que a Y-TZP experimental apresentou menores valores de resistência flexural do que a cerâmica comercial, mas a primeira apresentou maior módulo de Weibull (m). A Y-TZP experimental apresentou boa microestrutura, comparável à Y-TZP comercial, com tamanhos de grão muito semelhantes. A adição de nanotubos à Y-TZP levou a menor resistência flexural, porém maior m que a cerâmica comercial. Poros contendo Ti foram observados na Y-TZP conforme a concentração de nanotubos aumentou. Os resultados de resistência ao cisalhamento foram, do maior para o menor: Z5 - 6,46±3,36; DC - 6,17±0,87; D03 - 5,74±1,70; S03 - 5,73±1,71; Z1 - 5,16±2,62; D06 - 4,82±1,06; D09 - 4,75±1,43; SC - 4,73±1,43; S09 - 4,61±0,85; S06 - 4,51±1,87; ZC - 3,70±1,82; Z0 - 3,33±2,05; Z2 - 2,94±1,38. A resistência ao cisalhamento também foi influenciada pela adição de nanotubos, tanto na cerâmica quanto no cimento, porém não linearmente. A Y-TZP adicionada de 5% de nanotubos de TiO2 apresentou maior resistência de união, porém sem diferença estatística da maioria dos grupos. O grupo Z1 foi provavelmente o grupo que apresentou a melhor combinação de resistência flexural, m, microestrutura e resistência de união. Mais estudos de outras propriedades podem ser realizados com o mesmo.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.12.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CHAVES, Ana Paula Rodrigues de Magalhães; BORGES, Ana Flávia Sanches. A study of the modification of Y-TZP and resin cement with titanium dioxide nanotubes. 2017.Universidade de São Paulo, Bauru, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25148/tde-23052018-181028/publico/AnaPaulaRodriguesdeMagalhaesChaves_Resumida.pdf >.
    • APA

      Chaves, A. P. R. de M., & Borges, A. F. S. (2017). A study of the modification of Y-TZP and resin cement with titanium dioxide nanotubes. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25148/tde-23052018-181028/publico/AnaPaulaRodriguesdeMagalhaesChaves_Resumida.pdf
    • NLM

      Chaves APR de M, Borges AFS. A study of the modification of Y-TZP and resin cement with titanium dioxide nanotubes [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25148/tde-23052018-181028/publico/AnaPaulaRodriguesdeMagalhaesChaves_Resumida.pdf
    • Vancouver

      Chaves APR de M, Borges AFS. A study of the modification of Y-TZP and resin cement with titanium dioxide nanotubes [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25148/tde-23052018-181028/publico/AnaPaulaRodriguesdeMagalhaesChaves_Resumida.pdf

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: