Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A lógica institucional da liderança municipal como determinante da prática do Sistema de Controle Interno (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARVALHO, LUCIANO BASTOS DE - FEARP
  • USP Schools: FEARP
  • Subjects: LÓGICA INTUICIONISTA; LEGITIMIDADE DA LEI; MUNICÍPIO; LIDERANÇA
  • Keywords: Controle interno; Institutional logic; Legitimacy; Internal control; Municipalities; Leadership
  • Language: Português
  • Abstract: O controle interno público no cenário brasileiro tem sido discutido tanto por órgãos reguladores quanto por pesquisas acadêmicas. Muito embora os órgãos reguladores estejam propondo novas estruturas para o controle interno, pesquisas recentes têm apontado para uma relativamente baixa efetividade na atuação desse sistema. Tal situação é influenciada pela falta de fatores que tenderiam a fortalecer a estrutura, como a existência de equipes qualificadas e a disponibilidade de informação. A presente pesquisa adiciona as práticas da lógica institucional tipificada como "autonomia técnica", desempenhadas por atores responsáveis por decisões no município, como Prefeito e Secretário de Controle Interno, como favoráveis ao controle interno. Tal situação legitimou o sistema de controle interno municipal perante os atores citados. Esta pesquisa utilizou a observação participante declarada em um município brasileiro. O município foi escolhido por ter passado por mudança de gestão de características predominantemente políticas para uma gestão com predominância de características técnicas. O estudo de caso demonstrou que o controle interno ganhou proeminência quando a liderança, prefeito e secretários, apresentavam características técnicas. Um dos motivos dessa atuação mais presente foi a lógica institucional do controlador e do prefeito, que se assemelha à lógica de autonomia técnica que então envolvia os servidores do sistema de controle. Outro fator observado foi o engajamento entreprefeito municipal e controlador, o que facilitou a participação do chefe do executivo no ambiente do controle interno. Desse modo, a lógica institucional de autonomia técnica, observada na liderança local, em conjunto com a interação ativa entre o prefeito municipal e controlador interno, foram vistas como essenciais para a mudança de atuação do controle interno no município em estudo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.04.2018
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Luciano Bastos de; AQUINO, André Carlos Busanelli de. A lógica institucional da liderança municipal como determinante da prática do Sistema de Controle Interno. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96133/tde-11062018-150500/ >.
    • APA

      Carvalho, L. B. de, & Aquino, A. C. B. de. (2018). A lógica institucional da liderança municipal como determinante da prática do Sistema de Controle Interno. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96133/tde-11062018-150500/
    • NLM

      Carvalho LB de, Aquino ACB de. A lógica institucional da liderança municipal como determinante da prática do Sistema de Controle Interno [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96133/tde-11062018-150500/
    • Vancouver

      Carvalho LB de, Aquino ACB de. A lógica institucional da liderança municipal como determinante da prática do Sistema de Controle Interno [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96133/tde-11062018-150500/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: