Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Pathogen surveillance (Leptospira spp., Rotavirus, Hepatitis E virus and Norovirus) in a wild golden-headed lion tamarin (Leontopithecus chrysomelas) population from an urban Atlantic Forest park in Niterói, Rio de Janeiro, Brazil (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MOLINA, CAMILA VIEIRA - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Subjects: PRIMATAS; SAÚDE AMBIENTAL; NITERÓI (RJ)
  • Keywords: Callitrichidae; Environmental health; Espécies invasoras; Invasive species; New World primates; Primatas do novo mundo; Translocação; Translocation
  • Agências de fomento:
  • Language: Inglês
  • Abstract: população de MLCD de Niterói. Um total de 939 amostras de soro de 593 L. chrysomelas foram testadas para 21 sorovares de Leptospira, resultando em apenas 3 amostras positivas de 2 animais: um para o sorovar Shermani e um para sorovar Hebdomadis. Métodos moleculares (PCR) foram empregados em 100 amostras de rim de animais que vieram a óbito em cativeiro por causas diversas, e apenas uma Leptospira saprófita foi detectada em uma amostra. Para a pesquisa dos RNA vírus (Rotavírus A, Norovirus GI e GII e VHE 3), pool de fezes de 101 grupos familiares foram analisados por RT-PCR, sendo que todas as amostras foram negativas. Os resultados sugerem que esses patógenos têm menor importância epidemiológica nesta população de MLCD de Niterói. Acreditamos que os presentes resultados são inesperados e surpreendentes, considerando todo o ambiente e a biologia alteradas dos MLCDs constituintes da população invasora presente em Niterói. Ainda, consideramos que esses dados são importantes para entender a ecologia das doenças na região, bem como para servir como dados testemunhos com fins de acompanhar o projeto de translocação, especialmente com vistas a estudos futuros com os animais translocadosA maioria dos primatas não humanos está distribuída em países tropicais e o Brasil é mais rico destes, com metade de suas espécies endêmicas em áreas onde mais de 90% do habitat natural já foram devastadas. Realmente, o mundo enfrenta uma perda global de biodiversidade por ações antrópicas. As ações antropogênicas, como o desmatamento, poluição, introdução de espécies exóticas, fragmentação do habitat e mudanças climáticas devido ao aumento da agricultura, pecuária e urbanização representam um grande risco para as espécies de animais selvagens. O Mico-leão-da-cara-dourada (MLCD - Leontophitecus chrysomelas) é uma espécie ameaçada que se tornou invasora em uma área fora de sua distribuição natural, em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Esses animais se tornaram centenas a partir de poucos indivíduos, se adaptaram vivendo perto de humanos e animais domésticos, frequentemente vistos dentro de casas, remexendo em lixo, atravessando ruas e esgoto à céu aberto. Os MLCDs foram capturados como parte de um projeto de conservação, sendo que parcela dos animais foi translocada para uma área de ocorrência da espécie, no sul da Bahia (Brasil), e parte permaneceu em cativeiro. A ecologia de doenças em ambientes alterados como este não é bem conhecida, mas é factível supor que os MLCD tiveram contato com muitos agentes patogênicos. Desta forma, o presente estudo teve como objetivo pesquisar 4 patógenos (Leptospira spp., Rotavírus A, Norovírus GI e GII e vírus da Hepatite E 3 - VHE 3) nesta
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.02.2018
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MOLINA, Camila Vieira; DIAS, José Luiz Catão. Pathogen surveillance (Leptospira spp., Rotavirus, Hepatitis E virus and Norovirus) in a wild golden-headed lion tamarin (Leontopithecus chrysomelas) population from an urban Atlantic Forest park in Niterói, Rio de Janeiro, Brazil. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-09042018-114247/ >.
    • APA

      Molina, C. V., & Dias, J. L. C. (2018). Pathogen surveillance (Leptospira spp., Rotavirus, Hepatitis E virus and Norovirus) in a wild golden-headed lion tamarin (Leontopithecus chrysomelas) population from an urban Atlantic Forest park in Niterói, Rio de Janeiro, Brazil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-09042018-114247/
    • NLM

      Molina CV, Dias JLC. Pathogen surveillance (Leptospira spp., Rotavirus, Hepatitis E virus and Norovirus) in a wild golden-headed lion tamarin (Leontopithecus chrysomelas) population from an urban Atlantic Forest park in Niterói, Rio de Janeiro, Brazil [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-09042018-114247/
    • Vancouver

      Molina CV, Dias JLC. Pathogen surveillance (Leptospira spp., Rotavirus, Hepatitis E virus and Norovirus) in a wild golden-headed lion tamarin (Leontopithecus chrysomelas) population from an urban Atlantic Forest park in Niterói, Rio de Janeiro, Brazil [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-09042018-114247/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: