Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Manifestações clínicas e complicações associadas à toxoplasmose ocular (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ARRUDA, SIGRID LORENA BATISTA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: ROO
  • Subjects: TOXOPLASMA GONDII; RETINA; UVEÍTE; TOXOPLASMOSE
  • Language: Português
  • Abstract: Neste estudo, foram descritos os aspectos clínicos e resultados visuais em indivíduos com evidência sorológica e sinais clínicos de toxoplasmose ocular. Os sujeitos foram examinados com lâmpada de fenda, exame de oftalmoscopia indireta, tendo registros fotográficos com retinografia e tomografia de coerência óptica. Duzentos e sessenta e sete participantes foram incluídos no estudo (n = 350 olhos). A forma de toxoplasmose ocular foi considerada primária em 52 indivíduos (19,5%), recorrente ativa em 89 (33,3%) e inativa em 126 (47,2%). A maioria dos olhos apresentou uma lesão (n=169; 48,3%), enquanto que 149 olhos (42,6%) apresentaram duas a quatro lesões e 32, cinco ou mais lesões (9,1%). As lesões centrais estiveram presentes em 127 olhos (36,3%), periféricas em 178 (50,9%), enquanto que lesões centrais e periféricas em 45 (12,6%). A maioria dos indivíduos apresentou sorologia para toxoplasma gondii (T. gondii) IgG + IgM- (n=245; 91,8%), enquanto que apenas 22 (8,2%) foram T. gondii IgG + IgM +. Do total de olhos afetados em que a acuidade visual foi medida (n-314), a maioria (n=160; 50,9%) apresentou melhor acuidade visual corrigida final >20/40, e 25,8% (n=81) foram considerados cegos (<20/400). Lesões múltiplas, de localização central e com tamanho maior que um diâmetro de disco óptico foram consideradas fator de risco para pior prognóstico visual. A membrana epirretiniana (n=21; 7,1%) e opacidade vítreo (n=20; 6,8%) foram as principais causas de complicações observadas. A taxa de incidência de complicações foi de 0,41 complicações/ano, e foram verificadas 0,13 reativações/ano. O estudo demonstrou altas taxas de déficit visual, devendo ser realizados novos estudos para o desenvolvimento de novas modalidades terapêuticas para diminuir o impacto da doença como causa de cegueira e deficiência visual
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.05.2018

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARRUDA, Sigrid Lorena Batista; FURTADO, João Marcello Fortes; SMITH, Justine Ruth. Manifestações clínicas e complicações associadas à toxoplasmose ocular. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018.
    • APA

      Arruda, S. L. B., Furtado, J. M. F., & Smith, J. R. (2018). Manifestações clínicas e complicações associadas à toxoplasmose ocular. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Arruda SLB, Furtado JMF, Smith JR. Manifestações clínicas e complicações associadas à toxoplasmose ocular. 2018 ;
    • Vancouver

      Arruda SLB, Furtado JMF, Smith JR. Manifestações clínicas e complicações associadas à toxoplasmose ocular. 2018 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: