Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Derivados de Chalconas e Azometinas: um estudo das hiperpolarizabilidades de primeira e segunda ordem (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GOTARDO, FERNANDO - IFSC
  • USP Schools: IFSC
  • Subjects: ÓPTICA NÃO LINEAR; COMPOSTOS ORGÂNICOS; ESPALHAMENTO
  • Keywords: Azometinas; Azometines; Chalconas; Chalcones; Hiper-Rayleigh; Hyper-Rayleigh; Nonlinear optics; Varredura-z; Z-Scan
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: A utilização de laser para estudo, análise e caracterização de materiais é de imensa importância no desenvolvimento e progresso da ciência e tecnologia, melhorando ciclicamente a área de ótica não linear (ONL). Estudos do comportamento de compostos orgânicos cujas estruturas são π conjugadas mostram sua ampla aplicabilidade em dispositivos eletrônicos e na área medicinal. A adição de grupos laterias doadores ou aceitadores de elétrons têm a capacidade de aumentar os efeitos ópticos não lineares nestes compostos, otimizando suas propriedades. Nesta dissertação de mestrado, foram realizados estudos em compostos orgânicos focados em suas características ópticas não lineares. Nove derivados de chalconas e quatro derivados de azometinas foram analisadas através da técnica de espalhamento hiper-Rayleigh (HRS) e da técnica de varredura-z, cujos efeitos óticos não lineares observados correspondem à segunda e terceira ordem da polarizabilidade, respectivamente. Com o espalhamento hiper-Rayleigh, foram determinadas a primeira hiperpolarizabilidade βHRS cujo valor mais alto foi 24×10−30 cm5/esu para as chalconas e 273×10−30 cm5/esu para as azometinas. A técnica de varredura-z foi utilizada para determinar o espectro da seção de choque de absorção de dois fótons (σ2PA) cujos valores de pico das moléculas derivadas de chalconas são de aproximadamente 15 GM e algumas apresentaram estados excitados que são permitidos apenas por absorção de dois fótons. Duas dasmoléculas derivadas de azometinas apresentaram valores de pico da ordem de 12 GM, uma não apresentou absorção de dois fótons e uma apresentou valor de pico de 55 GM. Além disso, foi utilizado o método de Soma-Sobre-Estados (SOS - do inglês Sum-Over-States) para determinar os momentos de dipolo de transição e diferença de momentos de dipolo permanente de todos os derivados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.08.2018
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GOTARDO, Fernando; BONI, Leonardo De. Derivados de Chalconas e Azometinas: um estudo das hiperpolarizabilidades de primeira e segunda ordem. 2018.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-26092018-102652/ >.
    • APA

      Gotardo, F., & Boni, L. D. (2018). Derivados de Chalconas e Azometinas: um estudo das hiperpolarizabilidades de primeira e segunda ordem. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-26092018-102652/
    • NLM

      Gotardo F, Boni LD. Derivados de Chalconas e Azometinas: um estudo das hiperpolarizabilidades de primeira e segunda ordem [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-26092018-102652/
    • Vancouver

      Gotardo F, Boni LD. Derivados de Chalconas e Azometinas: um estudo das hiperpolarizabilidades de primeira e segunda ordem [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-26092018-102652/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: