Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeito da suspensão frontal com fáscia muscular na cinemática palpebral (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BACCEGA, ADRIANO ANTONIO - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: ROO
  • Subjects: PÁLPEBRAS; CINEMÁTICA; FÁSCIA
  • Keywords: Cinemática palpebral; Dinâmica palpebral; Movimento sacádico palpebral; Piscar espontâneo; Suspensão frontal; Dynamic eyelids; Frontalis sling; Lid kinematics; Lid Saccadic movements; Spontaneous eyeblink
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do estudo foi avaliar parâmetros da cinemática palpebral durante o piscar espontâneo e movimentos sacádicos palpebrais em pacientes com ptose congênita submetidos à correção cirúrgica pela técnica de suspensão frontal com fáscia muscular. Com um sistema de câmeras de captação infravermelho para análise tridimensional de movimentos foi feito registro simultâneo de movimentos de supercílio e de pálpebra. Para análise do piscar espontâneo foram avaliados 17 pacientes com ptose congênita que realizaram correção cirúrgica pela técnica de suspensão frontal com utilização de fáscia muscular autógena (n=14), e fáscia lata preservada (n=3), e para o estudo do movimento sacádico palpebral, a avaliação foi dos 14 pacientes que utilizaram apenas fáscia autógena. Um grupo controle com 17 indivíduos normais também foi medido. Para análise do piscar espontâneo um programa foi utilizado para medidas de amplitude e velocidade máxima de movimento durante a observação de um filme comercial por 5 minutos. Para análise do movimento sacádico palpebral foram realizadas medidas em 10, 20, 30, 40 e 50 graus do olhar para baixo. A avaliação da superfície ocular em lâmpada de fenda com utilização de fluoresceina foi realizada nos pacientes que apresentavam ou não lagoftalmo. O número de piscadelas foi significativamente diminuído nos pacientes. A distribuição do intervalo entre as piscadelas foi similar nos dois grupos. A média de amplitude da fase descendente do piscar dos pacientes foi apenas 38% da média do grupo controle. A inclinação da reta da "main sequence" para o piscar espontâneo para os pacientes foi mais baixa. Nos controles o movimento do supercílio foi muito pequeno e insignificante durante o piscar espontâneo. Nos pacientes, a média de amplitude do movimento do supercílio foi cinco vezes maior que nosamplitude do piscar. Os movimentos sacádicos palpebrais mostraram uma importante restrição e não aumentou além de 30 graus do olhar para baixo. A velocidade máxima da pequena amplitude dos movimentos sacádicos palpebral foi muito baixa. Enquanto a movimentação do supercílio no grupo controle ficou entre 3,3 e 9,3% do movimento sacádico palpebral, nos pacientes a movimentação do supercílio foi responsável por 43,5 a 57,4% do movimento palpebral. Lagoftalmo foi encontrado em 13 (76,5%) dos pacientes. Apenas 3 (23%) mostraram sinais de ceratopatia superficial inferior, apesar da presença do fenômeno de Bell. A amplitude e velocidade do piscar espontâneo está severamente diminuída em pacientes com suspensão frontal com fáscia muscular. Esse tipo de material causa um efeito restritivo permanente nas propriedades elásticas das pálpebras. Após a cirurgia a amplitude do piscar é dependente da amplitude do movimento do supercílio. O lagoftalmo é uma consequência natural da suspensão frontal com fáscia muscular
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.05.2018
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BACCEGA, Adriano Antonio; CRUZ, Antônio Augusto Velasco. Efeito da suspensão frontal com fáscia muscular na cinemática palpebral. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17150/tde-19102018-095106/ >.
    • APA

      Baccega, A. A., & Cruz, A. A. V. (2018). Efeito da suspensão frontal com fáscia muscular na cinemática palpebral. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17150/tde-19102018-095106/
    • NLM

      Baccega AA, Cruz AAV. Efeito da suspensão frontal com fáscia muscular na cinemática palpebral [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17150/tde-19102018-095106/
    • Vancouver

      Baccega AA, Cruz AAV. Efeito da suspensão frontal com fáscia muscular na cinemática palpebral [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17150/tde-19102018-095106/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: