Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Eficácia da Terapia Focada na Compaixão em grupo no transtorno de estresse pós-traumático (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: VIDEIRA, LINA SUE MATSUMOTO - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MPS
  • Subjects: TRANSTORNOS MOTORES; ESTRESSE; PSICOTERAPIA DE GRUPO; PSICOTERAPIA DO INDIVÍDUO; TERAPIA CENTRADA NO CLIENTE; VERGONHA; CULPA (DIREITO CIVIL)
  • Keywords: Autocrítica; Compassion-focused therapy; Guilt; Psychotherapy group; Self-critical; Shame; Stress disorders post-traumatic
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Avaliar a eficácia da Terapia Focada na Compaixão em grupo no transtorno de estresse pós-traumático. Desenho: Estudo randomizado controlado, cego, dois braços paralelos, no grupo controle a Terapia de Apoio em grupo (TA-G) e no grupo experimental a Terapia Focada na Compaixão em grupo (TFC-G). Duração e frequência: Os dois grupos receberam oito sessões semanais de 90 minutos e, caso necessário, tratamento psiquiátrico. Todos preencheram escalas de avaliação, antes (T-1), depois da terapia (T-2) e no seguimento de três meses (T-3). Oitenta e sete pacientes foram randomizados (TA-G=44 e TFC-G=43) e sessenta e um pacientes completadores foram analisados (TA-G=30 e TFC-G=31). Resultados: Os pacientes melhoraram significativamente e não houve efeito de interação entre os grupos e os tempos, exceto na escala de trauma CAPS-5, F (1, 171) = 4,35, p = 0,041. Houve uma diminuição expressiva, comparando a média do T-3 em relação ao T-1, nos dois grupos (TA-G e TFC-G, respectivamente) nas escalas: CAPS-5 de trauma (24,40 e 29,77), DTS de trauma (31,83 e 33,94), BDI de depressão (9,77 e 12,06), BAI de ansiedade (7,33 e 8,23), BHS de desesperança (3,53 e 3,55), ATQ-N de pensamentos automáticos negativos (15,67 e 14,90), OAS de vergonha (8,20 e 7,68), FSCS de autocrítica (9,07 e 6,71) e aumento na escala ATQ-P de pensamentos automáticos positivos (10,96 e 16,36) e SCS de autocompaixão (0,50 e 0,52). Conclusões: A significativa melhora dos pacientes comprova a importância daterapia em grupo no tratamento do TEPT. A redução de 30 pontos na escala de trauma CAPS-5, em apenas oito semanas, somente no grupo da Terapia Focada na Compaixão, é uma evidência robusta de que este modelo de tratamento focado na compaixão, vergonha, culpa e autocrítica, é seguro, eficaz e uma esperançosa opção no tratamento de pessoas que vivenciaram eventos traumáticos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.10.2018
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VIDEIRA, Lina Sue Matsumoto; LOTUFO NETO, Francisco. Eficácia da Terapia Focada na Compaixão em grupo no transtorno de estresse pós-traumático. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-06112018-134730/ >.
    • APA

      Videira, L. S. M., & Lotufo Neto, F. (2018). Eficácia da Terapia Focada na Compaixão em grupo no transtorno de estresse pós-traumático. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-06112018-134730/
    • NLM

      Videira LSM, Lotufo Neto F. Eficácia da Terapia Focada na Compaixão em grupo no transtorno de estresse pós-traumático [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-06112018-134730/
    • Vancouver

      Videira LSM, Lotufo Neto F. Eficácia da Terapia Focada na Compaixão em grupo no transtorno de estresse pós-traumático [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-06112018-134730/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: