Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Perdas vacinais nas unidades básicas de saúde da região oeste do município de São Paulo (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: COLETO, VIVIANE AZEVEDO - EE
  • USP Schools: EE
  • Sigla do Departamento: ENS
  • Subjects: IMUNIZAÇÃO; VACINAS; VACINAÇÃO; ENFERMAGEM
  • Keywords: Immunization; Nursing; Vaccination; Vaccine
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: As ações de imunização merecem destaque mundial pelo grande impacto do uso de vacinas na prevenção das doenças imunopreveníveis. A necessidade de um diagnóstico da prevalência de perdas vacinais constitui uma etapa fundamental para o gerenciamento de vacinas no município, permitindo organizar adequadamente o sistema, evitando assim desperdícios dos recursos públicos. Objetivo: Diagnosticar e caracterizar as perdas vacinais das Unidades Básicas de Saúde da Região Oeste do município de São Paulo. Método: Trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo, quanti-qualitativo, no qual foi utilizado como abordagem metodológica o estudo de caso. A partir dos registros de movimentação de imunobiológicos e relatórios de doses aplicadas do ano de 2015, foi calculada a taxa total das perdas, prevalência das perdas técnicas, prevalência de perdas físicas e os motivos das perdas físicas, prevalência das perdas não categorizadas e a razão das doses aplicadas por doses utilizadas. Foram realizadas entrevistas com os funcionários das salas de vacina, das UBSs da Região Oeste do município de São Paulo. Resultados: A taxa total de perdas foi de 71,3 %, a prevalência de perda técnica 18,6% e a prevalência de perda física 28,4 %. Dentre os motivos das perdas físicas, obteve-se destaque para a falta de energia elétrica, representando 18,4 % das mesmas; as perdas não categorizadas totalizaram 24,2 %.Quanto à razão de doses aplicadas, por doses utilizadas, a vacina que apresentou o maior percentual de perdas foi a vacina BCG, visto que para cada dose aplicada foram perdidas 4,86 doses. Nas entrevistas realizadas com os profissionais que trabalham nas salas de vacina, observou-se que 60% deles acreditavam que a maior causa de perda vacinal em sua unidade se devia à perda técnica. Já 36,67 % referiram que a maior causa de perda se deveu às perdas físicas, causada por falta de energia elétrica. Os profissionais apontaram sugestões para minimizar as perdas vacinais; 50 % dos entrevistados relataram que a presença de vacinas unidoses amenizaria as perdas, 46,67 % dos profissionais sugeriram a existência de gerador elétrico e 16,67 % sugeriram o agendamento de vacinas com maior percentual de perda técnica. Conclusão: Os resultados demonstraram que a taxa total de perdas vacinais na Região Oeste do município de São Paulo foi de 71,3 % e na avaliação da prevalência de perdas, obteve-se uma maior prevalência de perdas físicas. Já na opinião dos profissionais entrevistados, a maior causa de perdas deveu-se às perdas técnicas. O presente trabalho propiciou a realização de uma cartilha educativa, que propõe ações que visem diminuir as perdas vacinais nas UBSs da Região Oeste do município de São Paulo. Essa cartilha será apresentada aos órgãos da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, a saber: Coordenadoria de Saúde da Região Oeste (SUVIS Oeste) e Gerência de Imunização (COVISA).
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.12.2017
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COLETO, Viviane Azevedo; GRYSCHEK, Anna Luiza de Fatima Pinho Lins. Perdas vacinais nas unidades básicas de saúde da região oeste do município de São Paulo. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7144/tde-31102018-170423/ >.
    • APA

      Coleto, V. A., & Gryschek, A. L. de F. P. L. (2017). Perdas vacinais nas unidades básicas de saúde da região oeste do município de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7144/tde-31102018-170423/
    • NLM

      Coleto VA, Gryschek AL de FPL. Perdas vacinais nas unidades básicas de saúde da região oeste do município de São Paulo [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7144/tde-31102018-170423/
    • Vancouver

      Coleto VA, Gryschek AL de FPL. Perdas vacinais nas unidades básicas de saúde da região oeste do município de São Paulo [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7144/tde-31102018-170423/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: