Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

"O fervo e a luta": políticas do corpo e do prazer em festas de São Paulo e Berlim (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BRAGA, GIBRAN TEIXEIRA - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLA
  • Subjects: ANTROPOLOGIA URBANA; SEXUALIDADE; IDENTIDADE
  • Keywords: Body; Cenas musicais; Corpo; Marcadores sociais da diferença; Musical scenes; Social markers of difference
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo desta pesquisa é apresentar duas cenas de festas de música eletrônica underground, uma na cidade de São Paulo e outra em Berlim. Estas festas são frequentadas por um público diverso em termos de sexualidade, majoritariamente oriundo da classe média: DJs, músicos e produtores das festas, além de estudantes universitários, artistas e profissionais da área da comunicação (design, publicidade, audiovisual, entre outras áreas). As festas reúnem pessoas para dançar e ouvir música, consumir drogas lícitas e ilícitas e sociabilizar. São ambientes férteis para experimentos estéticos e sensoriais, e proporcionam espaço para vivência de práticas erótico- afetivas variadas, além de contarem frequentemente com performances artísticas que levantam questões sobre corpos fora dos padrões, gênero, sexualidade, raça e classe. Em São Paulo, parte da cena é composta por festas de rua, que suscitam debates sobre o espaço público, acompanhando certas discussões da militância urbana contemporânea. A outra parte é composta por festas realizadas em espaços alternativos a clubes, como bares, galpões, fábricas, estacionamentos. Em Berlim, a visibilidade e o crescente turismo da noite têm tensionado a polaridade underground/mainstream e a busca pelo equilíbrio entre a abertura da cena e a manutenção de espaços seguros. A cultura de prazer, êxtase e liberdade propiciada pelas festas aproxima as pessoas de uma maneira incomum em outros ambientes. Potencializada pelo uso coletivo de certasdrogas e pelo consequente relaxamento de barreiras sociais de gênero e sexualidade, a experiência clubber estimula novas formas de se relacionar com o corpo e com o prazer que desestabilizam normas e convenções naturalizadas na sociedade mais ampla. Entretanto, persistem tensões e desigualdades relativas aos marcadores sociais da diferença. Eminentemente coletiva, a experiência clubber é tema de debate e disputa, e se traduz em políticas do corpo e do prazer, ultrapassando o fim de semana e transbordando para a vida cotidiana de muitos participantes das cenas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.04.2018
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRAGA, Gibran Teixeira; SIMOES, Julio Assis. "O fervo e a luta": políticas do corpo e do prazer em festas de São Paulo e Berlim. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8134/tde-01102018-115157/ >.
    • APA

      Braga, G. T., & Simoes, J. A. (2018). "O fervo e a luta": políticas do corpo e do prazer em festas de São Paulo e Berlim. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8134/tde-01102018-115157/
    • NLM

      Braga GT, Simoes JA. "O fervo e a luta": políticas do corpo e do prazer em festas de São Paulo e Berlim [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8134/tde-01102018-115157/
    • Vancouver

      Braga GT, Simoes JA. "O fervo e a luta": políticas do corpo e do prazer em festas de São Paulo e Berlim [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8134/tde-01102018-115157/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: