Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Ensaio clínico randomizado e controlado para avaliar a versão brasileira ambulatorial do método TAP (Tailored Activity Program - Programa Personalizado de Atividades) no tratamento de sintomas neuropsiquiátricos em indivíduos com demência (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OLIVEIRA, ALEXANDRA MARTINI DE - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MPS
  • Subjects: DEMÊNCIA; TESTES NEUROPSICOLÓGICOS; SINAIS E SINTOMAS; VALIDAÇÃO DE MODELOS; TERAPIA OCUPACIONAL; ENSAIO CLÍNICO CONTROLADO RANDOMIZADO; COMPORTAMENTO AGRESSIVO; AMBULATÓRIO HOSPITALAR; CUIDADOS MÉDICOS
  • Keywords: Behavioral symptoms; Dementia; Occupational therapy; Outpatient clinics hospital
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: Embora os quadros demenciais sejam caracterizados, principalmente, por comprometimentos cognitivos e funcionais, muitos pacientes apresentam alterações comportamentais ou sintomas neuropsiquiátricos (SNPs) em alguma fase de sua história clínica. De acordo com a literatura atual, os SNPs são muito frequentes, podendo ocorrer em até 90% dos casos de demência. Dentre os SNPs mais comuns, estão incluídos: agressividade, apatia, agitação, perambulação, desinibição, ansiedade, humor deprimido e sintomas psicóticos (alucinações e delírios). Diretrizes internacionais têm sugerido que os tratamentos não-farmacológicos devem ser a primeira opção na abordagem dos SNPs. Recentemente, os estudos têm mostrado que as intervenções não-farmacológicas são tão eficazes quanto os tratamentos farmacológicos, no entanto, sem ocasionar os efeitos colaterais e riscos das medicações. Uma abordagem não-farmacológica promissora é o uso de atividades. Um método de Terapia Ocupacional, denominado Tailored Activity Program (TAP - Programa Personalizado de Atividades - versão domiciliar) foi desenvolvido com o objetivo de reduzir e prevenir SNPs em idosos com demência moderada a grave e, de acordo com os estudos, tem se mostrado eficaz. No Brasil, existem poucos estudos sobre abordagens nãofarmacológicas no tratamento de SNPs em indivíduos com demência. OBJETIVOS: Realizar a tradução e adaptação transcultural do método TAP para a língua portuguesa, bem como sua adequação para o usoambulatorial. Avaliar a eficácia do método TAP (versão ambulatorial brasileira) no tratamento de SNPs de indivíduos com demência moderada a grave e na redução da sobrecarga dos seus cuidadores. MÉTODO: Trata-se de um ensaio clínico aleatorizado, controlado, duplamente encoberto, para o tratamento de SNPs em idosos com demência moderada a grave, através da versão traduzida e adaptada do método TAP para uso ambulatorial. O grupo experimental recebeu oito sessões baseadas no método TAP, em regime ambulatorial, e o grupo controle recebeu oito sessões baseadas em um programa psicoeducativo com orientações sobre demência. As medidas de desfecho consistiram na avaliação de SNPs dos indivíduos com demência, por meio do The Neuropsychiatric Inventory-Clinician rating scale (NPI-C), e da avaliação da sobrecarga dos seus cuidadores, por meio da Escala Zarit. Todos os participantes foram avaliados nos momentos pré (T0) e pós-intervenção (T1). RESULTADOS: Foram incluídos 54 indivíduos com demência, que foram alocados para as condições experimental (n= 28) e controle (n= 26). Observou-se melhora estatisticamente significante no grupo experimental nos seguintes SNPs: delírios (p=0,05), agitação (p=0,001), agressividade (p=0,007), depressão (p=0,008), ansiedade (p=0,006), euforia (p=0,007), apatia (p=0,02), desinibição (p=0,03), irritabilidade (p=0,03), distúrbio motor (p=0,007) e vocalizações aberrantes (p=0,03). Por sua vez, não foi observada melhora nos seguintes SNPs: alucinações(p=0,06), distúrbios do sono (p=0,06) e distúrbios do apetite (p=0,5). O método TAP para uso ambulatorial também se mostrou clinicamente eficaz na redução da sobrecarga nos cuidadores do grupo experimental (p=0,01). CONCLUSÃO: Este ensaio clínico é o primeiro estudo controlado sobre a eficácia de uma intervenção de Terapia Ocupacional baseada na versão ambulatorial do método TAP para aliviar os SNPs em pacientes com demência moderada a grave. Os resultados mostraram que o uso de atividades prescritas de maneira personalizada, aliada ao treinamento do cuidador, pode ser uma abordagem clinicamente eficaz na redução de SNPs e da sobrecarga de cuidadores de indivíduos com demência
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.09.2018
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Alexandra Martini de; FORLENZA, Orestes Vicente; RADANOVIC, Marcia. Ensaio clínico randomizado e controlado para avaliar a versão brasileira ambulatorial do método TAP (Tailored Activity Program - Programa Personalizado de Atividades) no tratamento de sintomas neuropsiquiátricos em indivíduos com demência. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-05122018-132604/ >.
    • APA

      Oliveira, A. M. de, Forlenza, O. V., & Radanovic, M. (2018). Ensaio clínico randomizado e controlado para avaliar a versão brasileira ambulatorial do método TAP (Tailored Activity Program - Programa Personalizado de Atividades) no tratamento de sintomas neuropsiquiátricos em indivíduos com demência. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-05122018-132604/
    • NLM

      Oliveira AM de, Forlenza OV, Radanovic M. Ensaio clínico randomizado e controlado para avaliar a versão brasileira ambulatorial do método TAP (Tailored Activity Program - Programa Personalizado de Atividades) no tratamento de sintomas neuropsiquiátricos em indivíduos com demência [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-05122018-132604/
    • Vancouver

      Oliveira AM de, Forlenza OV, Radanovic M. Ensaio clínico randomizado e controlado para avaliar a versão brasileira ambulatorial do método TAP (Tailored Activity Program - Programa Personalizado de Atividades) no tratamento de sintomas neuropsiquiátricos em indivíduos com demência [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-05122018-132604/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019