Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A representação dentro da representação, ou marcas dramática em três episódios do Quixote de 1615: "A Dulcineia encantada", "A condessa Trifaldi" e "A vigem de Clavilenho"São Paulo (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TOLEDO, MARIA CECILIA BARRETO DE - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLM
  • Subjects: LITERATURA ESPANHOLA; LINGUAGEM TEATRAL
  • Keywords: Gêneros poéticos; Poetic genres
  • Language: Português
  • Abstract: O efeito de teatralidade causado na mente do leitor pela narrativa das três encenações burlescas da segunda parte do Quixote "A Dulcineia encantada", "A condessa Trifaldi" e "A viagem de Clavilenho" deu origem a este trabalho. A esses episódios correspondem os capítulos XXXIV-XLI, quando dom Quixote e Sancho passam uma temporada como hóspedes dos duques e, sem saber, são transformados em atores cômicos, para a diversão dos anfitriões e seus convidados. De acordo com a perspectiva crítica de Anthony Close e de Maria Augusta da Costa Vieira, a análise, sob a visão do cômico e racional, partiu de dois pressupostos. Primeiro, o de que o Quixote é uma obra de entretenimento cuja concepção deriva do clima artístico de seu tempo, e o de que Cervantes, paralelamente ao escritor de novelas, foi um dramaturgo apaixonado pelo teatro. Propôs-se então que as três tramas estão organizadas como um todo, com começo, meio e fim, sob as diretrizes da formação de três jornadas de uma ação dramática, constituindo uma unidade episódica. Daí se infere que os três episódios se incorporam à narrativa sob a forma da comédia, de modo diferente de tantos outros que permeiam a obra: eles apresentam uma estrutura complexa, possível de ser identificada com a da comédia. O enredo da Dulcineia encantada configura o ponto de união entre a prosa e a "ação dramática", constituindo a primeira jornada. Os outros dois, formando a segunda e terceira jornadas, se associam ao primeiro unidos pelo mesmo tema, o danecessidade de o cavaleiro ajudar as damas em dificuldades. Ao mesmo tempo, os três episódios integram o desenvolvimento narrativo. Essa estratégia poética, que se assemelha ao que se chama "teatro dentro do teatro", provoca o desdobramento da estrutura da composição, enfatizando o tema da imitação do mundo da cavalaria andante. A análise, sempre relacionando texto e contexto, focaliza na prosa os elementos estruturantes do teatro, não só as marcas dramáticas formais, mas também os fatores que transmitem a espetacularidade das encenações. O caminho percorrido para atingir o objetivo, sob o aspecto da composição poética, é o de primeiro comparar os episódios selecionados com a obra dramática cervantina para depois relacioná-los com as preceptivas poéticas e retóricas que circulavam na Espanha naquele final de século, principalmente a Philosophia Antigua Poética de Alonso López Pinciano, e Arte nuevo de hacer comedias de Lope de Vega. Ademais, para a compreensão dos aspectos socioculturais da narrativa, a pesquisa se apoia nos preceitos e códigos de conduta da sociedade de corte à época dos Áustrias, com ênfase em El Cortesano de Lluís del Milà, bem como nos estudos, crônicas e relatos históricos sobre as festas, públicas e palacianas. Nesse sentido, este trabalho demonstra a coerência da leitura dos três episódios como uma unidade episódica com começo, meio e fim, estruturados sob a forma de uma comédia singular, o que apresenta, dentro do cenário artístico-cultural daquelasprimeiras décadas do século XVII, um outro experimento cervantino de uma nova maneira de contar histórias
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.02.2018
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TOLEDO, Maria Cecilia Barreto de; VIEIRA, Maria Augusta da Costa. A representação dentro da representação, ou marcas dramática em três episódios do Quixote de 1615: "A Dulcineia encantada", "A condessa Trifaldi" e "A vigem de Clavilenho"São Paulo. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8145/tde-21082018-113207/ >.
    • APA

      Toledo, M. C. B. de, & Vieira, M. A. da C. (2018). A representação dentro da representação, ou marcas dramática em três episódios do Quixote de 1615: "A Dulcineia encantada", "A condessa Trifaldi" e "A vigem de Clavilenho"São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8145/tde-21082018-113207/
    • NLM

      Toledo MCB de, Vieira MA da C. A representação dentro da representação, ou marcas dramática em três episódios do Quixote de 1615: "A Dulcineia encantada", "A condessa Trifaldi" e "A vigem de Clavilenho"São Paulo [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8145/tde-21082018-113207/
    • Vancouver

      Toledo MCB de, Vieira MA da C. A representação dentro da representação, ou marcas dramática em três episódios do Quixote de 1615: "A Dulcineia encantada", "A condessa Trifaldi" e "A vigem de Clavilenho"São Paulo [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8145/tde-21082018-113207/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019