Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Biofortification of broccoli seedlings with selenium: influence on bioactive compounds and in vivo toxicity (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BACHIEGA, PATRICIA - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LAN
  • Subjects: ALIMENTOS FORTIFICADOS; BRÓCOLOS; MUDAS; MUTAGÊNESE; SELÊNIO
  • Language: Inglês
  • Abstract: Os objetivos desse estudo foram avaliar a influência da biofortificação com selênio nos compostos bioativos de brócolis; testar sua toxicidade e mutagenicidade in vivo como forma de comprovar sua segurança para consumo; desenvolver micropartículas pela técnica de spray dryer e avaliar suas propriedades físico-químicas. As mudas de brócolis foram biofortificadas pela adição de 2 mL de solução de 50 μM de selenato de sódio 15 dias de após a semeadura (DAS) e coletadas aos 30 DAS. As amostras foram analisadas por diferentes métodos para a quantificação de selênio (ICP-MS, XRF portátio e EDXRF de bancada). O método de fluorescência de Raios X por dispersão em energia feito em equipamentos de bancada ou portátil apresentou desempenho adequado para quantificação de selênio aliado à baixo custo e menor tempo de análise. A técnica de biofortificação com selênio aumentou a concentração desse micronutriente nas mudas de brócolis. Além disso, também proporcionou aumento significativo nos compostos bioativos, tais como, clorofila (12%), compostos fenólicos (26%) e flavonoides (19%), vitamina C (32%) e sulforafano (12%), principal composto bioativo com potencial anticarcinogênico do brócolis. Verificada a eficiência da biofortificação com selênio, conduziu-se estudos de toxicidade e mutagenicidade em camundongos fêmeas e machos tratados com diferentes doses de mudas de brócolis biofortificadas com selênio (15, 45 e 70 μg Se/kg peso corporal). Após 40 dias consecutivos detratamento, observou-se que os animais tratados com mudas de brócolis com selênio nas doses de 45 e 70 μg Se/kg peso corporal provocaram significativas alterações nos pesos relativos dos órgãos vitais (fígado, baço e rins) e reprodutivos (ovário/testículos), com presença de alterações histológicas nos rins e no baço, em camundongos de ambos os sexos. Nos camundongos machos, a dose de 70 μg Se/kg peso corporal provocou aumento da frequência de eritrócitos policromáticos micronucleados. Nas fêmeas este aumento não foi observado, demonstrando maior sensibilidade dos machos ao tratamento. Por fim, através da técnica de microencapsulação por spray dryer desenvolveu-se micropartículas a base de extratos etanólicos de mudas de brócolis com e sem selênio. As amostras apresentaram baixa umidade (4-5%) e higroscopicidade (11-12 g de água absorvida 100-1 g de micropartícula) e alta solubilidade (99%). No entanto, houve uma redução significativa no teor de compostos fenólicos e atividade antioxidante após o processo. Os resultados desse estudo demonstram a importância da biofortificação do selênio como uma estratégia para aumentar o teor de compostos bioativos no brócolis. Com relação à toxicidade, a dose de 15 μg Se/kg peso corporal não apresentou efeitos tóxicos significativos em machos e fêmeas, porém apresentou pontencial mutagênico em machos. Além disso, comprovou-se que a microencapsulação possibilitou a elaboração de amostras com boas características tecnológicas,porém, estudos de otimização devem ser conduzidos a fim de aumentar o poder de retenção dos compostos bioativos e atividade antioxidante
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.07.2018
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BACHIEGA, Patricia; CARVALHO, João Ernesto de; SALGADO, Jocelem Mastrodi. Biofortification of broccoli seedlings with selenium: influence on bioactive compounds and in vivo toxicity. 2018.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-01112018-164508/ >.
    • APA

      Bachiega, P., Carvalho, J. E. de, & Salgado, J. M. (2018). Biofortification of broccoli seedlings with selenium: influence on bioactive compounds and in vivo toxicity. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-01112018-164508/
    • NLM

      Bachiega P, Carvalho JE de, Salgado JM. Biofortification of broccoli seedlings with selenium: influence on bioactive compounds and in vivo toxicity [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-01112018-164508/
    • Vancouver

      Bachiega P, Carvalho JE de, Salgado JM. Biofortification of broccoli seedlings with selenium: influence on bioactive compounds and in vivo toxicity [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-01112018-164508/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019