Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Música negra na escola: um estudo sobre a ressonância dos tambores nas relações intersubjetivas (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LODUCA, MARIA TERESA - FE
  • USP Schools: FE
  • Subjects: MÚSICA; TRADIÇÃO; AFRODESCENDENTES; HIP HOP; ORALIDADE; TAMBOR
  • Keywords: Acoustic ecology; Afro-Brazilian musical tradition; Docência compartilhada; Drum; Ecologia acústica; Hip-hop pedagogy; Oralidade; Orality; Pedagogia hip-hop; Shared teaching; tambor; Tradição musical afro-brasileira
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação tem o objetivo de responder à seguinte questão: é possível abordar a música negra nas escolas, ao som do tambor africano, de modo a promover a aceitação e valorização deste instrumento e, consequentemente, da cultura afro-brasileira? Com a intenção de refletir e encontrar caminhos para iluminar essa questão, realizou-se um trabalho de campo na Escola de Aplicação da Faculdade de Educação da USP e na Escola Municipal Saturnino Pereira, ambas situadas no município de São Paulo, durante três anos, com turmas de 9º, 7º, 6º e 8º anos, respectivamente. Por meio de uma proposta de docência compartilhada com os professores dessas turmas, foram realizadas intervenções conjuntas em sala de aula, como forma de suscitar, especialmente entre os jovens afrodescendentes, um olhar crítico à toda forma de estigmatização do tambor e da sonoridade de matriz africana que dele emana. Em busca de novas práticas educacionais e analisando detalhadamente o cotidiano escolar, ao introduzir práticas e saberes dos afrodescendentes, promoveram-se rupturas de campo em duas dimensões do universo escolar: a) nos rituais e práticas de ensino em sala de aula; b) no imaginário da cultura escolar, envolvendo professores e alunos, a propósito do tambor. Os estudos realizados apontam que o tambor ocupa um lugar central, nos rituais de religiões de matriz africana, opondo-se aos instrumentos eurocêntricos e consagrados pelo mainstream, e que talvez, por isso mesmo, seja considerado inferior, domesmo modo como toda a cultura proveniente da África. Dessa maneira, verifica-se uma série de estereótipos relacionados à cultura afro-brasileira, presentes nas atitudes de alguns docentes e alunos em face do instrumento, que tem dificultado a valorização, por parte dos estudantes afrodescendentes, de sua própria cultura. A fundamentação teórica que orientou tais reflexões baseou-se, principalmente, nas obras de Munanga (2005), Caputo (2012), Leite (2008), Gilroy (2001), Herrmann (2001) e Schafer (2011), além de outros autores, cujos escritos colaboraram para a fundamentação desta pesquisa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.08.2018
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LODUCA, Maria Teresa; AMARAL, Monica Guimaraes Teixeira do. Música negra na escola: um estudo sobre a ressonância dos tambores nas relações intersubjetivas. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-14122018-140439/ >.
    • APA

      Loduca, M. T., & Amaral, M. G. T. do. (2018). Música negra na escola: um estudo sobre a ressonância dos tambores nas relações intersubjetivas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-14122018-140439/
    • NLM

      Loduca MT, Amaral MGT do. Música negra na escola: um estudo sobre a ressonância dos tambores nas relações intersubjetivas [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-14122018-140439/
    • Vancouver

      Loduca MT, Amaral MGT do. Música negra na escola: um estudo sobre a ressonância dos tambores nas relações intersubjetivas [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-14122018-140439/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: