Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Besouros florívoros endofíticos (Coleoptera: Curculionidae) e seus inimigos naturais (formigas e vespas) em Banisteriopsis (Malpighiaceae): implicações de uma interação tritrófica para o sucesso reprodutivo da planta (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, ISAMARA MENDES DA - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: ENTOMOLOGIA; FORMIGAS; VESPAS
  • Language: Português
  • Abstract: A florivoria é o consumo das peças florais por herbívoros. Florívoros endofíticos que se desenvolvem dentro do botão floral, podem causar impacto direto no sucesso reprodutivo da planta através do consumo dos gamelas. Um terceiro nível trófico, representado pelos predadores e parasitas, pode controlar a população de herbívoros e ter efeito positivo indireto na reprodução vegetal. Muitas espécies de plantas possuem nectários extraflorais (NEFs) que atraem predadores, especialmente formigas que se alimentam do néctar, normalmente, essas formigas são agressivas contra os herbívoros, beneficiando a planta. Mas em alguns casos as formigas são ineficientes em deter os herbívoros, principalmente besouros endofíticos. No entanto, outros predadores, tais como algumas vespas são muito eficientes na localização e predação de larvas endofíticas, podendo controlar a população desses insetos. Em um cenário particular no Cerrado, plantas com NEFs do gênero Banisteriopsis (Malpighiaceae) são infestadas por larvas endofíticas de besouros Anthonomus (Curculionidae: Coleoptera) e são visitadas por predadores como formigas que se alimentam do néctar nos NEFs e a vespa Brachygastra lecheguana que preda as larvas do besouro encontradas dentro do botão floral. Tendo em vista essa interação tritrófica, foi investigado (i) o impacto dos besouros florívoros endofíticos no sucesso reprodutivo da planta hospedeira, (ii) qual o papel das formigas visitantes de NEFs no impacto ocasionado por esses besouros, e (iii) como a vespa predadora B. lecheguana localiza precisamente os botões infestados pela larva endofítica e, qual seu possível impacto sobre as populações deste herbívoro. Com intuito de avaliar o efeito dos besouros e formigas mutualistas no sucesso reprodutivo de Banisteriopsis foram feitos experimentos de campo com exclusão de besouros e formigas. Também testou-seexperimentalmente quais possíveis pistas (visual, química e tátil) são utilizadas pela vespa para encontrar a larva endofítica. Os resultados revelaram que besouros florívoros Anthonomus tem impacto negativo no sucesso reprodutivo de Banisteriopsis e que as formigas visitantes dos NEFs nessas plantas não são capazes de minimizar tal impacto. Em contrapartida, a vespa B. lecheguana parece se utilizar de pistas táteis para encontrar a larva endofítica e reduz significativamente a população do besouro. A assimetria encontrada no mutualismo formiga-planta, onde formigas recebem néctar dos NEFs e não protegem a planta, pode ser explicada pelas adaptações dos curculionídeos, uma vez que a larva fica protegida dentro do botão e o adulto apresenta o corpo esclerotizado. Enquanto as vespas predadoras podem possuir inúmeros receptores nas pernas e antenas, que são sensíveis e podem atuar como detectores de sinais de vibrações no substrato, permitindo com que encontrem com precisão as larvas endofíticas nos botões florais, tendo impacto positivo para a planta ao longo do tempo, por reduzir a população do besouro Anthonomus
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.08.2018

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Isamara Mendes da; DEL CLARO, Kleber. Besouros florívoros endofíticos (Coleoptera: Curculionidae) e seus inimigos naturais (formigas e vespas) em Banisteriopsis (Malpighiaceae): implicações de uma interação tritrófica para o sucesso reprodutivo da planta. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018.
    • APA

      Silva, I. M. da, & Del Claro, K. (2018). Besouros florívoros endofíticos (Coleoptera: Curculionidae) e seus inimigos naturais (formigas e vespas) em Banisteriopsis (Malpighiaceae): implicações de uma interação tritrófica para o sucesso reprodutivo da planta. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Silva IM da, Del Claro K. Besouros florívoros endofíticos (Coleoptera: Curculionidae) e seus inimigos naturais (formigas e vespas) em Banisteriopsis (Malpighiaceae): implicações de uma interação tritrófica para o sucesso reprodutivo da planta. 2018 ;
    • Vancouver

      Silva IM da, Del Claro K. Besouros florívoros endofíticos (Coleoptera: Curculionidae) e seus inimigos naturais (formigas e vespas) em Banisteriopsis (Malpighiaceae): implicações de uma interação tritrófica para o sucesso reprodutivo da planta. 2018 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: