Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Relações entre imagem de cidade-sede e de destino-mãe: um estudo dos Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FERREIRA, LUCIANA BRANDÃO - FEARP
  • USP Schools: FEARP
  • Subjects: JOGOS OLÍMPICOS; TURISMO; ESPORTES; ADMINISTRAÇÃO ESPORTIVA
  • Language: Português
  • Abstract: Um megaevento esportivo pode modificar o cenário de um país e influenciar na sua imagem como destino turístico, bem como na imagem da cidade que o sedia. Megaeventos, como os Jogos Olímpicos, envolvem mudanças: sociais, investimentos financeiros e de infraestrutura, e maior visibilidade internacional. A avaliação da imagem da cidade-sede pode impactar na imagem do destino ao qual ela faz parte (efeito recíproco). Partindo desse pressuposto, da importância do turismo na economia mundial/brasileira e da relação entre megaeventos esportivos e o aquecimento dessa atividade, o objetivo desta tese foi verificar os efeitos recíprocos de imagem entre a cidade-sede de um megaevento esportivo e o destino turístico ao qual ela faz parte (destino-mãe). O foco foram os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro-Brasil. Foi realizada pesquisa descritiva/ quantitativa por meio de questionários fechados, com estrangeiros de 48 países (n=340), utilizando escala Likert de sete pontos. A escala foi baseada nas dimensões de imagem de destino: cognitiva e afetiva, tendo como variáveis moderadoras: a familiaridade e a animosidade com o destino-mãe e o envolvimento com os jogos. Para a análise dos dados foi utilizada a modelagem de equações estruturais VB-SEM por meio do software SmartPLS 3. Os resultados apontaram para avaliações positivas da imagem de destino, do Rio e do Brasil, identificando a dimensão cognitiva como a mais relevante. Foi confirmado efeito recíproco positivo e forte entre asimagens do Rio como sede da Olímpiadas de 2016 e Brasil como seu destino-mãe e também o contrário, contudo não foram encontrados efeitos de moderação. No caso especfício da animosidade não houve presença dessa variável em relação ao Brasil, o que é um resultado positivo. Este trabalho traz contribuições teóricas por estudar os efeitos recíprocos de imagem em destinos, especialmente considerando um contexto de megaevento esportivo e contribuições práticas para o desenvolvimento de políticas de turismo mais integrativas entre destino-mãe e cidade/ regiões do seu território e até mesmo para a captação e realização de novos grandes eventos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.09.2018
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, Luciana Brandão; GIRALDI, Janaina de Moura Engracia. Relações entre imagem de cidade-sede e de destino-mãe: um estudo dos Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96132/tde-19112018-141435/ >.
    • APA

      Ferreira, L. B., & Giraldi, J. de M. E. (2018). Relações entre imagem de cidade-sede e de destino-mãe: um estudo dos Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96132/tde-19112018-141435/
    • NLM

      Ferreira LB, Giraldi J de ME. Relações entre imagem de cidade-sede e de destino-mãe: um estudo dos Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96132/tde-19112018-141435/
    • Vancouver

      Ferreira LB, Giraldi J de ME. Relações entre imagem de cidade-sede e de destino-mãe: um estudo dos Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96132/tde-19112018-141435/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: